Capa > Destaque > Palestra sobre Prosub promovida pela Academia Pernambucana de Engenharia e CREA-PE atrai grande público

Palestra sobre Prosub promovida pela Academia Pernambucana de Engenharia e CREA-PE atrai grande público

Um público de aproximadamente trezentas pessoas esteve na noite de ontem (quinta, 09), no auditório da FIEPE, para assistir a palestra do diretor Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha do Brasil, o almirante de Esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior, sobre O Programa Nuclear e o Desenvolvimento de Submarinos da Marinha (Prosub). O evento, promovido pela Marinha do Brasil, a Academia Pernambucana de Engenharia (APEENG) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE), teve o objetivo de detalhar para profissionais das áreas tecnológicas, pesquisadores, academias e universidades os projetos que começaram a ser desenvolvidos a partir de acordo assinado com a França.

Na qualidade de presidente da Academia Pernambucana de Engenharia, o professor Mário Antonino deu as boas vindas ao palestrante e demais convidados, ressaltando a importância da presença de cada um para o sucesso da iniciativa.

Com a palavra, o almirante de Esquadra Bento Albuquerque Junior discorreu sobre a criação do Prosub, informando que o programa teve como “objetivo a criação da estrutura nacional de defesa junto com a naval”.

Sobre o acordo, o almirante explicou que contempla a construção de cinco submarinos, sendo quatro convencionais e um a propulsão nuclear e tecnologia brasileira. Para tanto, 1.140 técnicos brasileiros receberam formação e treinamento no exterior. Assim o País figura entre os seis únicos países no mundo que constroem e operam submarinos com propulsão nuclear – Estados Unidos, Reino Unido, Rússia, França e China.

De acordo com o almirante, esse é um dos maiores empreendimentos de tecnologia que agrega e catalisa um setor competitivo como é o nuclear. “No que se refere à autonomia, o Brasil, os Estados Unidos e a Rússia são países que possuem, simultaneamente, Urânio e detêm tecnologia de reaquecimento de Urânio”, informa.

Com relação à geografia do Brasil o almirante Bento disse que a extensão territorial do País inclui 23 mil quilômetros de montanha e que, 1/3 desse montante é fronteira marítima. Somos o 9º Produto Interno Bruto (PIB) e uma das maiores populações do mundo. Em todo o País há 250 portos. “As nossas águas territoriais são vitais para o nosso futuro considerando que a nossa economia é totalmente dependente do comércio, do qual 95% são transportados pelo mar, sendo que 10% de carga mundial passam por portos brasileiros. Assim, a maior defesa para a área marítima é com o uso de submarinos que o País já opera há mais de 100 anos”, conclui.

Ao final da explanação, o professor Mario Antonino foi homenageado pelo almirante Bento Albuquerque Júnior que fez a entrega de Medalha ao presidente da Academia Pernambucana de Engenharia. Máro Antonino presenteou o almirante com o livro Crônicas de Gilberto Freyre.  Já o presidente em exercício do CREA-PE, Fernando Lapenda, fez a entrega do livro comemorativo dos 83 anos do CREA-PE ao palestrante.

O encontro contou com a presença do presidente em exercício do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE), Fernando Lapenda; presidente licenciado do CREA-PE, Evandro Alencar; presidente do CREA-PB, Antônio Carlos de Aragão; diretor Financeiro do CREA-RJ, Rivamar da Costa Muniz; presidente da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar), Romero Neves Silveira; representante da ALEPE, deputado José Maurício; representante do reitor da UFPE, Sílvio Eduardo Gomes de Melo; representante do Senge-PE, André Lopes; representante do 3º CEGO, Arlindo Cruz; membro do controle tecnológico de Pernambuco e presidente da Academia Brasileira de Ciência Agronômica, Leonardo Sampaio; representante da Associação Comercial de Pernambuco, George Emílio; presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, Sérgio Santos; representante do Senai-PE, Ernani Azevedo; presidente da Academia Nacional de Cirurgia Pediátrica, Miguel Zumaeta Doherty; representante da UFPE, Eurico Noblat; representante da associação dos diplomados da Escola Superior de Guerra em Pernambuco (ADESG), Roberto Moliterno; representante da Sustente, Bárbara Cavalcanti; chefe de Gabinete do CREA-PE, Joadson de Souza Santos; professor do IFPE, Paulo Figueiredo Oliveira; professor e engenheiro, José Lamartine Távora Júnior; diretor da TV Brasil, Alberto Brayner, entre outros.

De acordo com matéria publicada na coluna da jornalista Hildegard Angel, do Jornal do Brasil, o Recife é a terceira capital do País a receber o almirante Bento Albuquerque Junior para falar sobre o assunto de segurança nacional.

Leia artigos sobre o assunto, escritos pelo engenheiro Francis Bogossian nos links abaixo:

A Defesa Nacional Brasileira

A Marinha do Brasil e a Engenharia Nuclear

Sobre Dilma Moura

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates