Capa > Destaque > Serra Talhada e Região são fiscalizadas pelo Crea-PE

Serra Talhada e Região são fiscalizadas pelo Crea-PE

No município de Serra Talhada, localizado no Sertão pernambucano a 415 quilômetros da capital Recife foi realizada, pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), de segunda-feira a sexta-feira (14 a 18.01) a segunda Fiscalização Dirigida do Exercício de 2019.

A ação contou com a participação do presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, inspetora Coordenadora Roberta Araújo Menezes, inspetor Secretário Gleymerson de Almeida, inspetor Tesoureiro Joedy Santa Rosa de Souza, gerente de Fiscalização Daniele Castro, chefe do Setor de Fiscalização Melânia Ramalho, chefe Regional de Fiscalização Fábio Gilnei e, os agentes de fiscalização João Diniz, Odon Correia, Dênio Marcus e Joseildo Torres.

O presidente Evandro Alencar acompanhou os trabalhos da quarta e quinta-feira (16 e 17.01), oportunidade em que concedeu entrevistas em três rádios locais: Cultura, no programa Sertão Notícias; Vilabela, no programa de variedades e na Rádio Líder do Vale, no X da Questão. Nos veículos o presidente explicou os objetivos e benefícios da ação para a população e os empreendimentos, informou sobre a disponibilidade do Crea Móvel e discorreu sobre os projetos que estão sendo desenvolvidos na sua gestão à frente do Crea-PE. Ainda na oportunidade, Evandro Alencar, participou de reunião com os fiscais com o objetivo de ser informado sobre as áreas que apresentam mais irregularidades, média de diligências diárias e demais informações relevantes sobre o trabalho. Na conversa também houve troca de conhecimentos que subsidiam sugestões de novos nichos de atuação da Fiscalização do Conselho. Durante a sua participação o presidente esteve em campo com os agentes.

De acordo com a programação, na segunda-feira (14), foi realizado o deslocamento da equipe e reunião de alinhamento entre os participantes da Dirigida, na sede da Inspetoria. No encontro, foram definidos os membros que fizeram parte das equipes A e B, os locais de fiscalização e a locação do Crea Móvel, veículo adaptado para realizar atendimento aos profissionais e empresas que se localizam em áreas mais distantes da sede da inspetoria do município.

Na terça-feira (15), o grupo A atuou em Santa Cruz da Baixa Verde e Serra Talhada. O grupo B, em Triunfo e Serra Talhada. Na quarta-feira (16), foi a vez do grupo A, fiscalizar os municípios de  São José do Belmonte e Serra Talhada e o B, Mirandiba e Serra Talhada. Na quinta-feira (17), o grupo A esteve em Floresta e Nova Petrolândia, já o B, em Tacaratu e Nova Petrolândia. Finalmente, na sexta-feira (18) os grupos A e B estiveram nos municípios de Nova Petrolândia e Jatobá, respectivamente.

Durante a semana o Crea Móvel ficou disponível para atendimento da população em serra Talhada, na praça em frente à Igreja, no Pátio de Eventos, em São José do Belmonte e, finalmente, na frente da agência do Banco do Brasil, em Floresta.

De acordo com recomendações da Gerência de Fiscalização (GFIS) do Conselho, a ação deverá ser concluída com a elaboração de relatório contendo: fotografias; coordenadas geográficas além dos pontos relacionados para cada grupo, incluir os endereços para entrega de correspondências, a fim de possibilitar a entrega de correspondência via correios. No que se refere aos contratos de prestação e serviços, é necessário indicar o início da atividade técnica, sem o registro da ART correspondente para lavratura do auto.

A Fiscalização Dirigida realizou vistorias em: Prefeituras, nos contratos celebrados para a realização dos serviços de dedetização, manutenção de equipamentos odonto/hospitalares, manutenção de ar condicionado; manutenção de sistema CFTV, manutenção de centrais telefônicas e lógicas, consultoria em Engenharia, execução de obras, reformas ou recuperações edificações, pavimentações etc, manutenção de edificações, provedor de internet, coleta de resíduos de todas as classes, tratamento de efluentes, execução de cargo técnico de engenheiros e técnicos efetivos ou contratados, elaboração de projetos e orçamentos relativos a serviços de Engenharia, perfuração e manutenção de poços, iluminação pública, georreferenciamento das rotas escolares, manutenção de SPDA, supressão vegetal, entre outros.

No que se refere às obras foram verificadas as construções civis, destinação de resíduos e manutenção de equipamentos em hospitais e clínicas. Ainda foram vistoriadas as revendas de agrotóxicos e itens relativos aos assentamentos.

Após as Dirigidas de Caruaru e Serra Talhada, ainda em janeiro serão realizadas fiscalizações nos municípios de Garanhuns (21 a 25) e Gravatá (28 a 1º.02).

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates