Energia é tema de discussão no Clube de Engenharia

O Clube de Engenharia de Pernambuco (CEP) realizou, na terça-feira (19), o Seminário Permanente de Desenvolvimento, no Restaurante Skillus da Ilha do Leite. Com o tema “Energia Nuclear e o Desenvolvimento do Nordeste”, o evento contou com palestras do professor do Departamento de Engenharia Elétrica e Sistemas de Potências da Universidade Federal de Pernambuco, Heitor Scalambrini Costa, e do chefe do escritório da Eletronuclear no Nordeste, Carlos Henrique Mariz. A Eletronuclear tem intenção de implantar duas usinas nucleares brasileiras, na Região Nordeste. Estudos recentes apontam dez localidades próximas ao Rio São Francisco como sendo as melhores opções. Pernambuco disputa os empreendimentos com Alagoas, Bahia e Sergipe. Cada usina representa um investimento de US$ 4 bilhões (aproximadamente R$ 7 bilhões). A expectativa da Eletronuclear é que os estudos sejam concluídos ainda no primeiro semestre deste ano. Com isso, até o final de 2010 serão definidos o modelo tecnológico que as unidades irão adotar (francês, americano ou coreano) e como se dará a captação de recursos para o projeto. Já no dia 29 de janeiro, o Seminário Permanente de Desenvolvimento, realizado pelo Clube de Engenharia de Pernambuco promoverá um debate, às 12h30, no Restaurante Skillus, sobre “"Mobilidade Urbana – ênfase Via Mangue", com o presidente da Empresa de Urbanização do Recife, engenheiro civil Jorge Carreiro.