BIM como ferramenta de um futuro mais econômico e produtivo na construção

O Terça no Crea de ontem (19.02), teve participação do Mestre em Engenharia, Henrique Diniz, que tratou sobre o tema BIM, como ferramenta de controle na construção civil, por meio da qual é possível diminuir as perdas e aumentar a produtividade, utilizando mecanismos que possibilitam o encaixe perfeito dos projetos e serviços que compõem a obra.

De acordo com o palestrante, a aplicação da ferramenta é baseada em três pilares: pessoas, processos e ferramentas. Ainda segundo Diniz, as empresas públicas também terão que fazer uso da tecnologia, implantando-a em três etapas: a 1ª em janeiro de 2021; 2ª em janeiro 2024 e, finalmente a 3ª em janeiro de 2028.

Com a aplicação das técnicas do BIM, a tendência é que a construção seja feita com a precisão de um lego onde a modulação para os diversos processos diminua o desperdício e o retrabalho, e aumente a produtividade.

Ao final do evento, que teve palestra indicada pelo parceiro Conselho Nacional dos Peritos Judiciais da República Federativa do Brasil (CONPEJ), foi sorteada uma bolsa integral para o Curso de Perito Judicial, oferecido pelo mesmo, nos dias 27 e 28 de abril, que teve como ganhador o ouvinte Evanderson Heleno do Aguiar.