Pernambuco participa do 1º. Congresso Nacional de Mulheres Engenheiras

Pernambuco participa do 1º. Congresso Nacional de Mulheres Engenheiras

A diretora eleita da Mútua em Pernambuco, engenheira civil Roberta Meneses, representou Pernambuco no 1º Congresso Nacional de Mulheres Engenheiras, realizado em Belo Horizonte, no último final de semana, dias 11 e 12 de dezembro. O evento, gratuito, foi promovido pelo Instituto Feminino de Engenharia (IFE). O  principal objetivo segundo a organização, foi de  mostrar o papel da mulher no segmento da Engenharia, e a importância de se existir uma igualdade de gêneros dentro das corporações.

Segundo a engenheira, a soma de aprendizados num evento como este vem fortalecer a jornada das mulheres nas profissões ligadas ao Sistema Confea/Crea/Mútua. Destacou que o Crea-PE apoia o protagonismo da mulher, tendo realizado ano passado o primeiro encontro de mulheres ligadas ao conselho, ano passado, em sintonia com diretrizes do Programa Mulher do Confea.

Ela foi palestrante convidada no painel com o tema “Recursos e Benefícios – sobre a Caixa de Assistência Mútua para Engenheiros (as)”, juntamente com Karen Daniela, engenheira civil, eleita para a Mútua ba Bahia e Abelardo Ribeiro, Diretor da Mútua em Minas Gerais. No evento, líderes femininas das esferas públicas e privadas e líderes masculinos promoveram debates sobre suas áreas específicas de atuação, sobre mercado e compartilharam experiências em com foco na igualdade de gênero.

A empresária e presidente do IFE, Alaíze Reis, disse que este segmento ainda apresenta muitos desafios para as mulheres. O IFE, por ser a primeira entidade de mulheres engenheiras, formada em 90 anos de existência do sistema CONFEA,CREA,MUTUA, tem por objetivo mudar este cenário pouco a pouco. “Estamos na era da inclusão de gênero e do respeito acima de tudo. No caso da Engenharia, podemos dizer que ainda é um setor masculino, e o IFE vem, incansavelmente, buscando um equilíbrio organizacional”, revela.