Capa > Arquivo > Profissionais recebem o registro em solenidade

Profissionais recebem o registro em solenidade

Depois de anos de dedicação e estudos, cerca de 30 pessoas receberam, na noite desta terça-feira (13), em solenidade festiva, no auditório do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), o

Registro Profissional, documento que garante a habilitação para exercer legalmente a profissão escolhida. “É com grande honra que participo da solenidade de entrega das carteiras porque aqui reencontro antigos alunos que hoje são meus colegas de profissão. Nesta gestão, institui-se essa prática como forma de apresentar a vocês, recém chegados, o Sistema Confea/Crea e Mútua”, disse o 1º vice-presidente, eng. Civil Arnaldo Cardim.

 

O 2º vice-presidente e representante do Sindicato dos Engenheiros de Pernambuco (Senge-PE), Clóvis Arruda D’Anunciação, lembrou aos presentes sobre a importância da associação ao sindicato como forma de fortalecer os interesses da categoria. “O Crea defende a sociedade dos maus profissionais, enquanto que os sindicatos sai em defesa dos profissionais. Oferecemos, por exemplo, assessoria jurídica que é de grande importância para todos”, afirmou Clóvis.

 

Para o presidente do Clube de Engenharia de Pernambuco, Alexandre Santos, é fundamental os novos profissionais conheceram o Sistema e perceberem que, depois de formados, eles não estão sozinhos no mercado de trabalho, mas que podem contar com o Crea. “Essa Casa mostra que não estamos sós. Devermos manter a unidade e exercer algum protagonismo político”, ressaltou Alexandre Santos.

 

O presidente do Sindicato dos Técnicos Industriais de Pernambuco, Jessé Lira, convidou os participantes para conhecer as lutas do sindicato por melhores condições de trabalho e o piso salarial.

 

O chefe de Gabinete, arquiteto Osvaldo Fonsêca, proferiu uma apresentação sobre as funções e leis referente ao Sistema Confea/Crea e Mútua. “Qual a importância dos engenheiros e arquitetos para a sociedade”, questionou. “Cerca de 70% do Produto Interno Bruto do País passa pela mão desses profissionais. Somos os profissionais mais importantes para o desenvolvimento”, destacou Osvaldo Fonsêca. De acordo com o chefe de Gabinete, todos os profissionais precisam conhecer a legislação profissional, as normas da ABNT e o Código de Defesa do Consumidor.

 

Kele Gualberto

Chefe da ASC do Crea-PE

 

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates