Aniversário de Goiana

Goiana é um município brasileiro do estado de Pernambuco, Região Nordeste do País. Encontra-se localizada no extremo norte da Região Metropolitana do Recife, fazendo divisa com a Região Metropolitana de João Pessoa. Está situada no litoral, a 62 km do Recife, 51 km da capital paraibana. Sua população estimada em 2018 era de 79 455 habitantes e a sede municipal se situa a treze metros de altitude.

A história de Goiana está muito ligada aos engenhos da região. Os goianenses participaram ativamente da Batalha das Heroínas de Tejucopapo (1646), da Revolução Pernambucana (1817), da Confederação do Equador (1824) e da Revolução Goianense (1825). A vila operária de Goiana é considerada a primeira do seu tipo na América Latina. A localidade foi elevada à categoria de freguesia 1568, de vila em 15 de janeiro de 1711, ganhou foros de cidade em 5 de maio de 1840 e de sede de município em 3 de agosto de 1892, tendo como seu primeiro prefeito o Dr. Belarmino Correia de Oliveira.

Seu centro histórico foi declarado Patrimônio Histórico Nacional no ano de 1938. No ano de 2007 o município foi classificado pelo IBGE como um centro de zona A, pela sua influência sobre os municípios vizinhos, principalmente da sua microrregião e do Litoral Sul Paraibano. Ele também possui o ponto continental mais oriental de seu estado, a Ponta do Funil, uma espécie de cabo, no distrito litorâneo de Ponta de Pedras.

O município de Goiana é dividido em três distritos, Sede, Ponta de Pedras e Tejucopapo, e possui o oitavo maior PIB da Região Metropolitana do Recife, estimado em 2,223 bilhões de reais (IBGE/2014), destacando-se pelas indústrias automobilísticas e farmacoquímicas e pela cultura da cana-de-açúcar. Durante a época colonial foi sede da Capitania de Itamaracá por duas vezes, e por muito tempo foi a segunda cidade mais importante do estado de Pernambuco.