Crea-PE

Crea na Estrada de Gravatá foi encerrado com palestra da Celpe

A edição do Projeto Crea na Estrada do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), realizada em Gravatá, de 15 a 17 de agosto, foi concluída, na sexta-feira (17), com a presença de profissionais da construção civil do município, estudantes universitários, representantes do CDL, imprensa local, vereadores, engenheiros e arquitetos que foram à Câmara de Vereadores do Município para assistir a palestra dos técnicos da Celpe.

Na última noite do Crea na Estrada, representantes da companhia energética compartilharam orientações sobre o padrão técnico de segurança para a construção civil, abordaram a importância das normas de distância e segurança da rede elétrica, seja ela de alta, média ou baixa tensão. Para exemplificar as explicações, foram abordados casos de obras construídas em proximidade com a rede, oferecendo risco tanto para os profissionais da obra quanto para a comunidade. De acordo com os técnicos da Celpe, anualmente, são identificados pela distribuidora diversos desde casos de imóveis próximos da rede elétrica, avanços de fachadas até invasões de terrenos.

Também foram abordados temas como solicitação de ligação em baixa e alta tensão e regulação técnica para o padrão de entrada de energia elétrica – de cumprimento obrigatório conforme resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os técnicos da companhia esclareceram, ainda, dúvidas dos presentes sobre as solicitações para a realização de serviços comerciais.

Durante os dias em que foi realizado, o projeto chamou a atenção de profissionais, da sociedade e da imprensa local que noticiou a iniciativa e entrevistou em programas de rádios de grande audiência, o presidente em exercício do Crea-PE, Fernando Lapenda, além do inspetor coordenador da regional, Vital Medeiros, acompanhado do inspetor Secretário, Eratóstenes Viana, inspetor Tesoureiro,Roberto de Barros Correia e do presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Gravatá (Seag), Ênio César.

Durante o evento, representantes da companhia compartilharam orientações sobre o padrão técnico de segurança para a construção civil, abordou a importância das normas de distância e segurança da rede elétrica, seja ela de alta, média ou baixa tensão. Como exemplo, foram abordados casos de obras construídas em proximidade com a rede, oferecendo risco tanto para os profissionais da obra quanto para a comunidade. Anualmente, são identificados pela distribuidora diversos casos de imóveis próximos da rede elétrica, desde avanços de fachadas até invasões de terrenos.

Também foram abordados temas como solicitação de ligação em baixa e alta tensão e regulação técnica para o padrão de entrada de energia elétrica – de cumprimento obrigatório conforme resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os técnicos da companhia esclareceram, ainda, dúvidas dos presentes sobre as solicitações para a realização de serviços comerciais.

De lá o projeto seguiu para Serra Talhada (terça e quarta-feira, 28 e 29.08) e para Araripina onde acontece hoje e amanhã (quinta e sexta-feira, 30 e 31), a partir das 19h, na Faciagra

Compartilhar:
Skip to content