Capa > Destaque > Crea-PE e Novo Rumo recebem donativos para o Dia das Crianças

Crea-PE e Novo Rumo recebem donativos para o Dia das Crianças

criancas-brincando-1380915889741_956x500Cada vez mais engajado nas questões sociais, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) apoia as atividades da Associação Novo Rumo  e promove uma arrecadação de brinquedos e donativos para a entidade. Os itens deverão ser distribuídos nas comemorações do Dia das Crianças. Quem tiver interesse em ajudar deve entregar os donativos no período de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 13h30, na sede do Crea-PE.

A Associação Novo Rumo é uma entidade sem fins lucrativos que oferece desde 2006 serviços de reabilitação para crianças de 0 a 10 anos com síndromes, paralisia cerebral e com deficiência intelectual ou auditiva. O tratamento visa à estimulação global (fisioterapia + fonoaudiologia + terapia ocupacional) para acelerar o desenvolvimento neuropsicomotor. Para as crianças com deficiência auditiva é oferecido serviço de oralização.

A entidade ainda dispõe de aconselhamento genético para casais ou mesmo para as crianças. As famílias são orientadas quanto à deficiência ou síndrome dos filhos, as razões e as possibilidades de exames e reabilitação.

Referência em atendimento a bebês com síndrome de down (90% do seu público), a associação conta com uma equipe de voluntários formada por médicos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, recreadores e professor de capoeira. A organização ainda conta com uma rede de médicos colaboradores das áreas de oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, neurologia e cirurgia pediátrica para os quais as crianças cadastradas são encaminhadas quando necessário.

A entidade é mantida pela diretoria, além de doações e a contribuição simbólica das famílias atendidas.

Entre as possibilidades de atendimentos estão: Síndrome de Down; Síndrome de Cornélia de Lange; Síndrome de Tuner; má formação genética; autismo; crianças psicóticas e hiperativas e criança com paralisia cerebral já reabilitada (que não use cadeira de rodas).

Rui Gonçalves
Com informações da Assessoria

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates