Crea-PE investe na melhoria dos arquivos de processos

2017-01-30-PHOTO-00000005Com quase 83 anos de criação, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) necessita, periodicamente, de ações que visam à salvaguarda e a conservação dos processos que nele tramitam, assim como do patrimônio material incluindo investimentos na melhoria das instalações da sede, dos Escritórios de Atendimento e das Inspetorias Regionais.

Nesse sentido, a atual gestão está, desde maio de 2016, empenhada em melhorar as condições físicas do ambiente de arquivamento e dos próprios processos de registros. Na ação, que envolveu as contratações de Diogo Cordeiro da Silva e de Carla Adriana Lira de Santana, além do reforço do estagiário Rafael de Lira Miranda, já foram organizados e realocados todos os processos de 18.430 vistos profissionais. Agora, estão em andamento às melhorias necessárias aos processos de registros dos profissionais que, de acordo com Diogo Cordeiro, já passou dos 11 mil processos e deverá ser concluído em dois meses.

Após a conclusão dos trabalhos nos registros de profissionais, será a vez dos registros de empresa. “Estamos trabalhando para garantir que todos os processos sejam ordenados e acondicionados, da forma que deve ser e assim preservar o patrimônio do Conselho”, afirma o superintendente do Conselho, engenheiro civil Frederico Bastos.

ASC do Crea-PE