Crea-PE promove Fiscalizações Dirigidas nas regionais de Gravatá e Serra Talhada

FiscaisPara garantir a proteção da sociedade e assegurar que os serviços das áreas tecnológicas sejam executadas por profissionais habilitados, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) promoveu, durante o início do mês de agosto, fiscalizações dirigidas nas regionais de Gravatá e Serra Talhada.  A primeira fiscalização foi realizada entre os dias 03 e 05 de agosto. Já a segunda vistoria teve início nesta segunda-feira (08) e termina nesta quarta-feira (10).

Em Gravatá, as cidades contempladas com a ação foram as cidades de Bezerros, Serra Negra e Vitória de Santo Antão. A Fiscalização Dirigida de Gravatá contou com quatro agentes fiscais e efetuou 16 autos de infração. De acordo com o assessor da Gerência de Fiscalização, Gustavo Alves, a ação teve como foco os assentamentos e as construções irregulares.

Já em Serra Talhada, a fiscalização passou pelas cidades de Floresta, Jatobá, Petrolândia e Tacaratu. Ao todo, foram lavrados mais de 40 autos de infração, quase todos por ausência de profissional responsável técnico pelos serviços. Os agentes fiscais passaram pelas obras da Transposição do Rio São Francisco, hidrelétricas, parque eólico e assentamentos.

Na opinião do presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, a fiscalização é ferramenta indispensável para a proteção da sociedade. “A principal importância da ação não é a fiscalização. O principal é o resultado para a sociedade. Devemos dar visibilidade ao nosso trabalho para evitarmos que a sociedade nos veja apenas como órgão cartorial, mas também com a missão de protegê-la”