Em palestra para profissionais da saúde, inspetora de Serra Talhada esclarece sobre obrigações legais da fiscalização    

A inspetora coordenadora do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE), na cidade de Serra Talhada, engenheira civil Roberta Meneses, atendendo convite da gerente da XI Gerência Regional de Saúde, Karla Millene, representou o Conselho na 138ª Sessão da Comissão de Intergestores Regional (CIR), da Secretaria Estadual de Saúde, na terça-feira (21), realizada em Serra Talhada.

Da reunião, participaram secretários municipais, diretores de hospitais e representantes de órgãos municipais ligados ao planejamento e regulação de atividades da área, técnicos e coordenadores de vigilância em saúde.

Na oportunidade, Roberta Meneses falou das atividades do Conselho que têm interface com a área de saúde. “O CREA-PE é responsável pela fiscalização do exercício profissional das profissões abrangidas pelo Sistema CONFEA /CREA e Mútua, nos seus níveis superior e médio, legalmente instituída pela Lei 5.194 de 1966”, destacou a inspetora.

Ao todo, 26 itens foram citados pela inspetora do CREA como passíveis da fiscalização do Conselho, uma vez que necessitam de empresas e profissionais registrados para executarem a instalação e a manutenção de serviços como os de:  Engenharia Clínica; elevadores; climatização; grupo gerador; subestação elétrica; equipamento de combate a incêndio; sistema de proteção contra descargas atmosféricas; central telefônica; rede lógica de Informática; tratamento de resíduos; equipamentos hospitalares entre outros.

Satisfeita com a o resultado da ação, a inspetora acredita que as explicações irão ajudar e agilizar o trabalho dos agentes de fiscalização no momento das vistorias. Além disso, segundo Roberta, esse trabalho é uma forma do Conselho atuar de forma preventiva.