Capa > Destaque > Presidente do Crea-PE destaca importância da linha de crédito da Mútua para energias renováveis

Presidente do Crea-PE destaca importância da linha de crédito da Mútua para energias renováveis

DSCF4791Um dos novos benefícios a serem oferecidos pela Mútua – Caixa de Assistência do Profissional do Crea, homologados durante a última sessão plenária extraordinária do Confea, relativa a energias renováveis, poderá representar ganhos ambientais e ainda economia para os profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua.  A linha de crédito que disponibiliza recursos para que o associado faça adaptações domiciliares e em escritórios, por meio do uso de energia eólica e/ou solar, foi proposta pelo presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), engenheiro civil Evandro Alencar.

Apresentada inicialmente junto ao Fórum de Presidentes dos Creas do Nordeste e, em seguida, ao Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua e à própria Mútua, a proposta contou com receptividade irrestrita, o que contribuiu para sua aprovação pelo plenário do Federal. “Em maio, eu havia chamado uma empresa para fazer o projeto e o orçamento para a implantação de uma planta de energia solar para a sede do Crea-PE e da inspetoria de Petrolina.  Então, tive esse ‘insight’, já que o contexto atual é de incentivar o uso de energias renováveis e também seria uma oportunidade de beneficiar o profissional, que terá até 36 meses, trocando sua despesa em energia por um investimento”, descreve.

Evandro Alencar comemora agora a receptividade da proposta pelo plenário do Confea. “Estamos satisfeitos com a aprovação da nossa proposta, principalmente porque o benefício atenderá à necessidade, não só dos profissionais, mas também do País, que passa por uma grave crise na geração de energia. Sabemos que precisamos encontrar alternativas tecnológicas que nos possibilitem superar as dificuldades que teremos que enfrentar, em médio e longo prazos, em decorrência da escassez dos nossos recursos naturais”, alertou Evandro Alencar.

O novo diretor-presidente da Caixa de Assistência dos Profissionais (Mútua), Paulo Guimarães, que juntamente com toda a nova Diretoria iniciou o mandato nesta terça-feira (25), disse ao presidente Evandro Alencar que seu desejo era  que a concessão do primeiro benefício Energia Renovável fosse feita para a execução de um projeto de profissional do Estado de Pernambuco, homenageando, assim, o idealizador da proposta.

Equipe de Comunicação do Confea
Com informações da Assessoria de Comunicação do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates