Capa > Destaque > Presidente do Crea-PE se reúne com lideranças em Araripina e planeja ações para o fortalecimento das categorias profissionais

Presidente do Crea-PE se reúne com lideranças em Araripina e planeja ações para o fortalecimento das categorias profissionais

SAraripina

Reunião serviu para ajustar últimos detalhes de evento nos dias 17 e 18 de março

Em busca do fortalecimento do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) e da valorização de todos os profissionais que compõem o órgão, o presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, teve uma intensa agenda de reuniões no município de Araripina. Durante os dois dias em que o gestor esteve na cidade, segunda-feira (09) e terça-feira (10), ele se reuniu com lideranças, discutiu as questões pertinentes aos registros de empresas no Conselho Regional de Química (CRQ) e concedeu entrevistas sobre as novas ações do Regional no Araripe.

No primeiro dia, Evandro se reuniu com lideranças do Sindicato das Indústrias do Gesso do Estado de Pernambuco (Sindusgesso-PE) e da Associação das Empresas do Polo Gesseiro do Araripe (Assogesso). Na pauta do encontro, os líderes discutiram questões que envolvem as empresas do segmento e os registros no Crea-PE e no Conselho Regional de Química (CRQ-PE).

Araripina2

Evandro Alencar foi o entrevistado da Arari FM

Em seguida, ele participou de reunião com os diretores da Associação de Engenheiros e Técnicos do Araripe (Assengea) e os inspetores de Araripina. Na pauta desta reunião, o acerto final dos últimos detalhes do evento que será realizado pelo Crea-PE na Câmara de Vereadores de Araripina, na próxima terça-feira (17), a partir das 19h, além da preparação da Associação para a inserção no Sistema Confea/Crea e Mútua.

Ainda em Araripina, Evandro foi o entrevistado da Arari FM. Na ocasião, ele falou sobre o seminário e a parceria entre o Crea-PE e o Crea Piauí. Os regionais preparam para o próximo dia 18 de março, uma Fiscalização Dirigida nas instalações do Parque Eólico Chapada do Araripe. Segundo especialistas, a construção das torres eólicas do empreendimento demanda muita água, que não é encontrada em solo piauiense e, por essa razão, acaba sendo retirada do solo pernambucano.  Essa é a primeira fiscalização em parceria feita na gestão de Evandro Alencar.

Rui Gonçalves
ASC do Crea-PE

 

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates