Home > Destaque > AGP entrega documento com reivindicações ao presidente do Crea-PE

AGP entrega documento com reivindicações ao presidente do Crea-PE

DSCF3541
Reunião foi realizada na presidência do Crea-PE

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, recebeu, na tarde da quarta-feira (04), em seu gabinete, um grupo de geólogos e engenheiros. O principal motivo do encontro com o novo presidente do Conselho foi a entrega de um documento feito pela presidente e pelo vice-presidente da Associação Profissional dos Geólogos de Pernambuco (AGP), geóloga Lucila Ester Prado Borges e geólogo Antônio Christino P. de Lira Sobrinho, respectivamente, contendo reivindicações da categoria.

Entre os itens elencados estão o apoio do presidente para a implantação da Resolução nº 2.010/2005, o repasse de recursos oriundos das Anotações de Responsabilidade Técnica (ARTs) registradas, fiscalizações do exercício das atividades de Geologia e Minas. Com o objetivo de contribuir para a implementação da fiscalização de forma mais eficaz, a AGP se comprometeu a fornecer um cadastro das empresas do segmento.

Falando pelo grupo, o vice-presidente da AGP, Antônio Crhistino, agradeceu a recepção do presidente do Crea-PE e explicou os itens do documento, que expõe as problemáticas do segmento da categoria profissional.

“No documento, apresentamos sugestões e ideias discutidas na Associação. Quanto à fiscalização queremos que seja feita porque, atualmente, quem está certo, paga por quem trabalha na ilegalidade”, garantiu o vice-presidente da AGP.

Com relação às fiscalizações, o presidente Evandro Alencar explicou que já determinou a retomada das Fiscalizações Preventivas Integradas (FPI), em outras áreas, a exemplo das que são realizadas no Carnaval e no São João, e informou ao grupo que ainda em janeiro houve, em Araripina, uma grande Fiscalização Dirigida com o objetivo de vistoriar os registros das empresas mineradoras e de seus profissionais, assim como os registros das ARTs, das atividades de Geologia e Minas, postos de abastecimento, construção civil, entre outras.

No encontro, outro assunto debatido foi a extinção da Diretoria Executiva de Recursos Naturais. Sem o órgão, que estava ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, não há mais, segundo o grupo, quem faça a articulação institucional entre o governo estadual e os investidores que chegam ao Estado. “Não temos mais a interlocução do Governo com os empresários que tenham interesse em explorar os minérios em Pernambuco”, disse o presidente da Associação Nordestino Brasileira de Engenharia de Minas (Anbem), engenheiro de minas José Amaro Sereno. Sobre a questão, o presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, se dispôs a ajudar no que for necessário para que a categoria não fique sem representação formal em nível estadual.

Também participaram da reunião, o conselheiro do Crea-PE e integrante da Câmara Temática do Clube de Engenharia de Pernambuco, o engenheiro eletricista André Carlos Bandeira Lopes, o conselheiro do Crea-PE, engenheiro de minas Marçal Sayão Maia, o primeiro vice-presidente do Conselho, geólogo Waldir Duarte Costa Filho, o diretor administrativo, Plínio Sá, o chefe de Gabinete, Joadson de Souza Santos e o superintendente do Conselho, Luiz Libonatti.

Dilma Moura
ASC do Crea-PE

Check Also

Blitz do Crea nas Pontes finaliza inspeções no Recife

Mais de 20 profissionais, entre voluntários e colaboradores do Crea-PE, realizaram vistorias nas principais pontes …