Capa > Destaque > Cada vez mais forte e atuante, Crea-PE comemora 81 anos com fôlego renovado

Cada vez mais forte e atuante, Crea-PE comemora 81 anos com fôlego renovado

Head-niver3O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) comemora, nesta terça-feira (07), 81 anos de fundação.  Criado pela Resolução 02, de 23 de abril de 1934 do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), para fiscalizar o exercício profissional do engenheiro, arquiteto e agrimensor e de áreas afins, o Regional pernambucano foi instalado como autarquia federal em 07 de julho de 1934 sob a sigla Crea 2ª Região, abrangendo os Estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, com sede na cidade do Recife.

Com a Resolução do Confea n° 251, de 16 de dezembro de 1977, os Creas passam a ser denominados com a sigla do estado onde estão sediados e, em seguida, as siglas das demais unidades da federação supervisionadas. Com este formato de identificação, o órgão em Pernambuco passou à sigla: Crea-PE-FN (Fernando de Noronha). Só em 1988, com a incorporação do território de Fernando de Noronha a Pernambuco, a sigla assumiu a forma atual: Crea-PE.

À frente desta casa desde janeiro, o presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, reforça o compromisso de fazer um Conselho mais forte e atuante. “Neste primeiro ano como gestor do órgão, acredito que temos muito o que comemorar. Estamos mais perto dos profissionais e da sociedade civil. Fizemos diversas fiscalizações dirigidas no Interior do Estado, estamos finalizando a aquisição do Crea Móvel, que irá do Litoral ao Sertão para suprir a demanda de todo profissional registrado no Conselho. Não só isso, implantamos o Crea Júnior Pernambuco, o Comitê Tecnológico Permanente (CTP) e retomamos ativamente o nosso lugar em fóruns e conselhos que  discutem a melhoria da cidade. O Crea Pernambuco está com 81 anos, mas com a disposição de um jovem em busca de um caminho melhor”, comemora o presidente.

Ainda de acordo com o presidente, esse aniversário do Crea-PE marca o início de uma nova história que está sendo construída nas profissões das áreas tecnológicas. “O Conselho não para. Já fomos até Carpina para a realização da 1ª Plenária Itinerante, conseguimos o terreno para a instalação da sede própria da Inspetoria de Salgueiro, ciclo de palestras, Fiscalizações Preventivas Integradas, ações conjuntas, também de Fiscalização, entre os Creas Pernambuco e Piauí, além de parcerias para trazer benefícios para os profissionais e empresas que fazem o Crea-PE e a realização de seminários como o Riquezas e Oportunidades e de Fiscalização 2015”, destaca Alencar.

As fiscalizações realizadas pelos Conselhos têm o objetivo de garantir que por trás das obras e serviços existem profissionais habilitados para tais atividades técnicas, assegurando proteção à sociedade e ao meio ambiente. É através dessa prática que se combate o exercício ilegal nas áreas de Engenharia, Agronomia, Geologia, Geografia e Meteorologia, permitindo apenas que profissionais com formação comprovada possam trabalhar. Só a contratação de profissionais habilitados, com o registro da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), é garantia de um bom serviço.

 

Rui Gonçalves
ASC do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates