Carta de Foz do Iguaçu marca fim da 73ª SOEA

Terminou nesta quinta-feira (1°) a 73ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), em Foz do Iguaçu (PR). Foram quatro dias de intensos debates sobre o relevante papel da Engenharia para o desenvolvimento nacional: na economia, na acessibilidade, no empoderamento da mulher, na sustentabilidade ambiental. Durante a Semana, futuros profissionais aprenderam e veteranos tiveram suas experiências reconhecidas e compartilhadas, em cerca de cem eventos simultâneos dentro das programações da Soea e do Contecc. Foram 3,5 mil pessoas circulando pelos corredores, que expunham tecnologia, inovação, empreendedorismo e cultura.

A leitura da Carta de Foz do Iguaçu – documento em que o Sistema Confea/Crea se compromete com ações que visam ao fortalecimento do profissional da área tecnologia nacional e à inserção dos engenheiros na definição e execução de política públicas – marcou o encerramento da Semana. Lida pelo coordenador do Colégio de Entidades Nacionais, Jorge Nei Brito, a Carta – que fala de mudanças e oportunidades e reflete a proposta do tema central da 73ª Soea: A engenharia a favor do Brasil – pode ser lida na íntegra.

De acordo com o presidente do Confea, José Tadeu da Silva, a Carta define o que foram estes últimos quatro dias. “É um documento importante, que nos induz a participar das políticas públicas do nosso país”, disse. Em seu pronunciamento final, Tadeu se dirigiu aos participantes do evento: “vocês fizeram a Semana acontecer!”. Sem deixar de contextualizar que a Semana acontece num momento de falência econômica e corrupção generalizada no país, o presidente do Confea afirmou que o Sistema se pautará por modernizar a legislação, como a Lei de Licitações; defender o Projeto de Lei 13/2013 – que cria a carreira de Estado para engenheiros; e reforçar a integração de entidades nacionais e internacionais para estimular a mobilidade profissional.

Anfitrião, o pr esidente do Crea-PR, Joel Krüger, destacou a participação das mulheres, 28% dos inscritos. Ele fez questão de homenagear funcionários do Crea-PR, Confea e Mútua que organizaram a Soea, chamando-os ao palco para serem aplaudidos. “Todos trabalharam como uma só equipe, com dedicação, resultando neste sucesso”, elogiou. Krüger agradeceu os profissionais e estudantes, de todas as regiões do Brasil e de outros países, e a parceria dos presidentes do Confea, José Tadeu, e da Mútua, Paulo Guimarães, além da participação dos conselheiros e dos presidentes dos Creas.

Do Confea