Comissão Temática de Novos Engenheiros: Programa Crea-Jr em tempo de definições

???????????????????????????????A Comissão Temática Novos Engenheiros (CNTE) concluiu nessa terça-feira (14) sua quinta reunião ordinária. Com as participações de quatro conselheiros, engenheiro civil Leonides Alves Neto (coordenador), engenheira eletricista Michelle Palladino (coordenadora adjunta) e ainda os engenheiros mecânicos Gustavo Braz e Paulo Roberto Viana, foram definidos pontos como a realização de uma enquete para a definição da logomarca do Programa Crea-Jr, encaminhamento para a participação de representantes da Comissão no XLIII Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (Cobenge) e a realização de uma reunião com os presidentes dos Creas que ainda não possuem Creas-Jr, no final de setembro. A CNTE esteve reunida durante dois dias, no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea).

Segundo o conselheiro federal Leonides Alves Neto, coordenador adjunto da Comissão de Articulação Institucional do Sistema (Cais), a enquete para a escolha da logomarca dos Creas-Jr será promovida pelo Confea, no mês de agosto, após a apresentação das propostas, pelos próprios Creas-Jr, até o final de julho. Já o Cobenge será realizado em São Bernardo do Campo (SP), de 8 a 11 de setembro. “A solicitação deverá ser encaminhada à Cais”, informou.

Quanto à reunião com os presidentes de Creas, no dia 29 de setembro, no Confea, deverá abranger os Creas-SP, RS, RJ, RN, TO, PA, AP e RR, os coordenadores estaduais do programa Crea-Júnior e ainda um conselheiro regional de cada Crea, responsável pelo Programa Crea-Jr. “O objetivo da CTNE é criar um normativo que contenha as ‘normas gerais’ para a implementação do Programa Crea-Jr, ficando a cargo dos Regionais, por meio de seus atos normativos, instituírem as especificidades do Programa”.

Técnicos e Código de Ética

Entre outros pontos, foram tratados ainda temas como a aprovação da participação dos técnicos de nível médio no programa Crea-Jr; a viabilidade de um Código de Ética para os Creas-Jr, “a ser implementado após a institucionalização dos Creas-Jr”, segundo Leonides; a análise da obra “Manual do Engenheiro Recém-Formado”, apresentada pelo autor, engenheiro eletricista Ênio Padilha, e a integração entre os Creas-Jr e o Congresso Técnico Científico da Engenharia e da Agronomia (Contecc), a ser realizado durante a Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia, entre 15 e 18 de setembro, em Fortaleza, estimulada pessoalmente por seu coordenador, o engenheiro agrônomo e conselheiro federal José Geraldo Baracuhy. Houve ainda a aprovação da inclusão de um novo inciso ao artigo 139 e de uma nova seção, no Capítulo II, do projeto de Resolução, referente à alteração da Resolução nº 1.003/2002.

Participaram ainda da quinta reunião ordinária da Comissão Temática Novos Engenheiros os seguintes membros da CNTE: Caroline Burtet, Ary Paixão Borges, Igor Braga Martins e Saulo Pereira de Souza. Os convidados Cacilda Redivo (gestora do movimento Crea-Jr do Estado do Paraná) e José Sávio Neto (assessor da presidência do Crea-DF) também colaboraram com os debates, que contaram com a assistência do analista do Confea, engenheiro de Minas Daniel José Anchieta de Souza.

Do Confea