Crea-PE propõe parceria para convênios e fiscalizações em Gravatá

DSCN5198O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar,  participou, na manhã desta quinta-feira (02), de uma reunião na sede da Prefeitura de Gravatá, município localizado a 84 quilômetros do Recife, para tratar sobre convênios, sede da Inspetoria da cidade e piso salarial dos profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua. Participaram também da reunião o Inspetor Regional de Gravatá, Eratóstenes Viana, o chefe de Gabinete do Crea-PE, Joadson de Souza Santos, o assessor de Políticas Institucionais, Cristiano Silva, além do secretário de Governo de Gravatá, João Prudente Neto, e da diretora presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente, Fernanda Gayoso.

Na pauta do encontro, que teve início por volta das 10h, os representantes trataram sobre o convênio entre o Crea-PE e a Prefeitura de Gravatá e uma possível parceria na ação de fiscalização e capacitação dos fiscais.  No encontro, foi discutido também sobre a doação do terreno para a construção da Inspetoria Regional do Crea-PE em Gravatá. Sobre este tema ficou entendido que deverá ser encaminhado um ofício para a Câmara de Vereadores.

Outro ponto debatido entre os participantes foi a Resolução 51 do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), que especifica as atividades, atribuições e campos de atuação privativos dos arquitetos e urbanistas. De acordo com os representantes da Prefeitura de Gravatá, no município a Lei 5.194/66, que dispõe sobre a regulamentação das atribuições de engenheiros e arquitetos, continua em vigor. Por essa razão, engenheiros e arquitetos podem fazer projetos.

Na ocasião, o presidente do Crea-PE, Evandro Alencar, levantou o debate sobre o Novo Alvará Funcional implantado na capitalDSCN5204 pernambucana e que poderá ser replicado para outras prefeituras. Sabendo da ação, a Prefeitura de Gravatá demonstrou interesse em revisar o plano diretor da cidade.  Sobre este assunto ficou o entendimento de que o Conselho passará as informações pertinentes para integração das prefeituras.

Por fim, o presidente do Crea-PE falou da importância da valorização dos engenheiros, também através do piso salarial, mesmo entendendo a dificuldade financeira por que passam as prefeituras.  Atualmente, dois engenheiros ganham o piso. A reunião terminou por volta das 12h.

Rui Gonçalves
ASC do Crea-PE