Capa > Destaque > Crea realizará reunião para apresentar os resultados da Blitz no Rio Ipojuca

Crea realizará reunião para apresentar os resultados da Blitz no Rio Ipojuca

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco, Crea-PE, está convidando os principais órgãos públicos da área ambiental e prefeituras da região da bacia do Ipojuca, bem como especialistas que foram voluntários na ação, para realizar reunião virtual com foco na apresentação dos dados do Relatório Final da Blitz do Crea no Ipojuca, concluído no início do ano, antes da pandemia. O presidente do Conselho, Evandro Alencar, explica que a agenda realizada em novembro de 2019, gerou conteúdos e alertas importantes, num documento finalizado em fevereiro.

“As mudanças sem precedentes, provocadas em todos os setores, pelo novo coronavírus, alteraram também nosso cronograma a partir de março”, destacou.

Em abril, o Relatório foi encaminhado por e-mail aos órgãos competentes, com prazo amplo para conhecimento e respostas, dada situação de emergência provocada pela Covid-19, segundo informou.

“Cientes da importância da ação da Blitz, promovida por nosso Conselho para cumprir missão social do órgão na prestação de serviços à sociedade, retomamos a agenda nesse mês de setembro”, acrescentou o presidente.

A reunião de apresentação dos resultados da Blitz do Crea no Ipojuca será realizada na próxima 5ª, feira, 17.09, a partir das 10h, através de vídeo conferência.

A Blitz

Quinze especialistas das mais diversas áreas da engenharia, fizeram parte da equipe da Blitz do Crea no rio Ipojuca, realizada ao longo dos 320 km do manancial, entre os dias 04 e 05 de novembro/19. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco promoveu esta ação, como parte de um Programa com o objetivo de visitar locais públicos ou privados, para analisar as condições de estruturas, equipamentos, segurança e qualidade de vida. Essa agenda foi realizada nos principais pontos de todo o percurso do rio Ipojuca, considerando a importância deste rio para o Estado, especialmente, pelo desafio de que este é, segundo o IBGE, o terceiro rio mais poluído do Brasil, além de ter sua foz localizada em área onde houve contaminação por petróleo, a partir do desastre que atingiu o litoral de Pernambuco no segundo semestre do ano passado.

Na equipe, participaram inspetores do Crea-PE, equipe técnica do órgão e profissionais das engenharias química, agronomia, pesca, florestal, minas, civil.

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates