Capa > Destaque > Em Brasília, presidente do Crea-PE participa da primeira reunião do Colégio de Presidentes do Sistema

Em Brasília, presidente do Crea-PE participa da primeira reunião do Colégio de Presidentes do Sistema

CP_Evandro2

Evandro Alencar participou da primeira reunião de Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua

Na quinta e sexta-feira (26 e 27.02), o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, participou, em Brasília, da 1º reunião ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua e da reunião extraordinária do Fórum de Presidentes dos Creas do Nordeste. Ambas as reuniões aconteceram durante a realização do 4º Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua, que aconteceu da quinta-feira (26) ao sábado (28).

Na pauta da 1ª reunião ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua, foram aprovados o relatório das atividades desenvolvidas em 2014 e a súmula da 6ª e última reunião do grupo, realizada em 2014, no estado de Sergipe. Em seguida, foi iniciado o processo de eleição para escolha do coordenador e coordenador adjunto do Colégio de Presidentes (CP) para o exercício de 2015. O presidente do Crea-BA, engenheiro mecânico Marco Antônio Amigo, foi escolhido para ser o coordenador do CP do Sistema e o presidente do Crea-MT, engenheiro civil Juares Samaniego, foi eleito coordenador adjunto.

CP_Evandro3_Dentro

Presidentes dos Creas do Nordeste definiram locais das próximas reuniões e elegeram coordenadores

Ainda na reunião, foi discutido e aprovado o calendário de reuniões do CP para o exercício de 2015. Também foi criado o Grupo de Trabalho (GT) Agenda 2017, o Grupo Técnico-operacional no exercício de 2015, com objetivo de elaborar minuta da tabela de obras e serviços para registro da ART e foi instituída a Missão representativa do Confea para participar da Feira MECSPE, que ocorrerá em Parma, na Itália, de 26 a 28 de março de 2015.

Dando continuidade aos trabalhos, o grupo definiu as composições das representações, comissões e grupos de trabalho do CP, dentre os quais: Conselho de Comunicação e Marketing; Ordem Econômica do Sistema Confea/Crea e o Comitê Gestor do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Sistema Confea/Crea e Mútua – Prodesu.

Na tarde da sexta-feira (27), os membros do Fórum de Presidentes de Creas do Nordeste, elegeram a nova coordenação do colegiado para o exercício de 2015. Como coordenador foi eleito o presidente do Crea-PI, engenheiro civil Paulo Roberto Ferreira, e como coordenador-adjunto o presidente do Crea-SE, engenheiro agrônomo Arício Resende. Durante o encontro, foram também definidos os locais e as datas das próximas reuniões do colegiado: Aracaju, João Pessoa, Salvador, Maceió e Natal.

Evandro_CP_1

Engenheiro civil Evandro Alencar recebeu do presidente do Confea, José Tadeu da Silva, o Termo de Posse

 

Ainda na programação dos eventos que reuniram, em Brasília, de quinta a sábado, presidentes e lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua, houve, numa solenidade, do Conselho federal de Engenharia e Agronomia (Confea) a entrega solene do Termo de Posse dos presidentes eleitos para presidirem os regionais no triênio 2015/2017, dentre eles, o presidente do Crea-PE, Evandro Alencar que recebeu o documento das mãos do presidente do Confea, José Tadeu da Silva.

 

 

 

 

 

 

WP_20150228_010

Presidente Evandro Alencar ao lado do ex-ministro do STF Ayres Brito, no encerramento do 4º Encontro de Líderes do Sistema, em Brasília.

Ex-ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres de Britto encerrou, na manhã deste sábado (28/2), em Brasília, o 4º Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua. Desde quinta-feira (26/2), foram escolhidos os novos gestores das coordenadorias de Câmaras Especializadas, do Colégio de Presidentes e do Colégio de Entidades Nacionais (Cden) do Sistema. “A ética como indutora no combate à corrupção e para o desenvolvimento do Brasil” foi o tema de uma palestra que, a exemplo de sua participação na 70ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), em Gramado, em 2013, cativou o público formado por profissionais e lideranças do Sistema.

Para ele, a Ação Penal 470, o Processo do Mensalão, foi “um divisor de águas no país, um transbordar do copo, em que, dos 40 denunciados, o Supremo julgou ‘à luz do dia’, com toda a tecnicalidade. Sem esse julgamento, não haveria este julgamento da Petrobras. Até no plano das delações. O principal operador do mensalão, que com o tempo se tornou mentor também, ele resolveu delatar, mas chegou tarde, perdeu o ‘timing’. O que fizeram agora foi antecipar a delação premiada”.

 

Dilma Moura

ASC do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates