Capa > Destaque > FPI do Carnaval 2015 interdita área de eventos do Clube Português do Recife

FPI do Carnaval 2015 interdita área de eventos do Clube Português do Recife

22.01.2015 Vistoria e Interdição do Clube Português Foto Inaldo Lins (42)

Organização do Baile dos Artistas tem até o sábado para fazer as adequações (Crédito: Inaldo Lins/PCR)

Em uma ação conjunta, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), o Corpo de Bombeiros Militares de Pernambuco (CBMPE) e a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Secom) interditaram, na tarde desta quinta-feira (22), o Clube Português do Recife, espaço que se preparava para recebe neste sábado (24) o Baile dos Artistas. No local, os agentes encontraram irregularidades na documentação e em itens básicos de segurança. O Clube só será liberado para a festa após a resolução dos problemas. O prazo é até o início do baile.

No que compete ao Conselho, às irregularidades encontradas foram a falta de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) de passarela, instalações elétricas, estruturas metálicas temporárias, além de layout do projeto. “Quando você faz uma alteração em determinado espaço é preciso fazer a anotação. É mais uma forma de garantir que os serviços que estão sendo executados são realizados por um profissional capacitado tecnicamente”, explicou o fiscal do Crea-PE, Luciano Lima, que participou da operação. Já o CBMPE encontrou irregularidades na questão de segurança. No Clube, os bombeiros encontraram pouca sinalização, falta de extintores, corrimão com medidas abaixo das normas técnicas, além de guarda corpo fora do padrão.

De acordo com o gerente de Fiscalização do Crea-PE, Romildo Cavalcanti, a vistoria é uma ação de rotina e será continuada durante todo o período de prévias e Carnaval. “A Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) acontece todos os anos para garantir a segurança de todos os foliões do Estado e conta com a participação de diversos órgãos municipais e estaduais como bombeiros, Polícia Militar, Secretárias, entre outros. O intuito é assegurar que todos os serviços de Engenharia e da área técnica seja feito por um profissional devidamente registrado no Conselho de classe”, explica Cavalcanti.

Ele ainda destaca que a as ações de Fiscalização do Carnaval 2015 começaram com o Tamandaré Fest e também já passou pelo município de São José da Coroa Grande. “Esta ação que estamos desenvolvendo em Recife também acontece no Interior de Pernambuco. Onde tem festa, multidão e serviços da área técnica, o Crea-PE estará presente e atuando em defesa da sociedade. Nossos fiscais do Interior trabalharão de forma integrada com o Recife”, destaca Romildo Cavalcanti.

Rui Gonçalves
ASC do Crea-PE

 

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates