Maio Amarelo: Confea na luta pela segurança no trânsito

O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) zela pelos interesses sociais e humanos de toda a sociedade, inclusive nas estradas brasileiras. Neste mês, o Conselho adere ao movimento Maio Amarelo e chama atenção da sociedade para a importância de um trânsito melhor e com foco na prevenção de acidentes.

Enquanto instituição que abrange diversas modalidades de Engenharia ligadas ao trânsito, o Confea tem papel fundamental nesta causa, como argumenta o presidente eng. civ. Joel Krüger. “Nesse sentido, é fundamental o Conselho se posicionar e contextualizar a importância da Engenharia para um trânsito mais seguro”.

Com destaque para um airbag inflado, a campanha do Confea chama atenção dos motoristas dizendo: “Tá aí um projeto da Engenharia que gostaríamos que nunca fosse usado”. O mote leva à reflexão de que a Engenharia contribui para um trânsito melhor, seja quando profissionais desenvolvem acessórios de segurança, como freios ABS, ou quando planejam e operam o tráfego. Mas de nada adianta uma tecnologia preventiva, se todos os envolvidos no trânsito não estiverem comprometidos com a precaução. “Dirigir com responsabilidade é obrigação de todos. Faça como o Confea. Não só no Maio Amarelo, como durante todo o ano, faça parte dessa luta”, conclui o anúncio.

O público-alvo do anúncio vai além dos profissionais da Engenharia, Agronomia, Meteorologia, Geologia e Geografia registrados no Conselho. A ação está sendo veiculada nos canais de comunicação institucional e também para a população de várias capitais e municípios. Na lista dos canais de comunicação, jornais distribuídos nos sinais de trânsito, outdoor, táxidoor e propaganda em internet. Um dos anúncios começou a ser veiculado nesta semana em um dos maiores aplicativos de navegação de trânsito.

Por que amarelo?
O amarelo simboliza atenção e a advertência no trânsito. Nessa linha, o movimento Maio Amarelo, que é de abrangência internacional, visa à conscientização para redução de acidentes de trânsito, considerando que o trânsito deve ser seguro para todos em qualquer situação. A ação teve início em 11 de maio de 2011, quando a Organização das ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial para balanço das ações que o mundo inteiro realiza.

 Para saber mais sobre a campanha oficial, acesse www.maioamarelo.com

 Mais informações para o público em 2018
Para este semestre, o Confea tem programado ainda outras campanhas institucionais que vão levar mais informações não apenas aos profissionais, mas à sociedade em geral, como adianta o presidente Joel Krüger: “Temos um plano bem diversificado não apenas em termos geográficos, mas em termos de conceito e abordagem”. As ações foram homologadas pelo plenário federal na última sexta-feira (11).

Em maio e junho, o Minuto Confea levará semanalmente ao público de duas grandes rádios de notícias conteúdos informativos, como ações do Confea, temas que ressaltam a valorização profissional, além de causas relevantes para o setor. “A ideia é dar grande visibilidade à instituição diante de um público qualificado e proporcionar uma comunicação mais frequente”, comenta Krüger.

Defesa da sociedade
O papel fundamental da Anotação de Responsabilidade Técnica será a temática da campanha ART, que chegará ao público nos próximos meses por meio de revistas segmentadas e de bordo e também pela internet. A proposta é sensibilizar as pessoas sobre a importância da ART tanto para profissionais registrados quanto para a sociedade, como explica o conselheiro federal e membro do Conselho de Comunicação e Marketing do Confea, eng. prod. mec. Zerisson de Oliveira Neto: “A ART possui papel fundamental na defesa da sociedade assegurando que as atividades técnicas foram realizadas por um profissional habilitado e capacitado. Do mesmo modo, a ART possui um papel de valorização, pois confere legitimidade ao exercício da profissão assegurando a autoria, a responsabilidade e a participação técnica em cada obra ou serviço executado”.

Profissionais que fazem história
O reconhecimento aos nomes que marcaram a história da Engenharia brasileira será o ponto alto da campanha Engenheiros Notáveis. “Vamos dar notoriedade àqueles que estiveram presentes em obras fundamentais para o Brasil, como na construção de Brasília, ou foram responsáveis pela reestruturação e planejamento de grandes metrópoles”, ilustra o presidente Joel Krüger, que aposta na iniciativa de contar histórias reais como caminho para aproximar ainda mais a Engenharia da sociedade, seja posicionando-a como instrumento de desenvolvimento ou como força nacional. “Homenagear profissionais é homenagear a Engenharia e é também levantar a bandeira da categoria”, completa. As histórias de reconhecimento serão contadas na TV fechada, entre maio e junho.

Equipe de Comunicação do Confea