Capa > Destaque > Novo Marco do saneamento foi pauta de Um Projeto para o Brasil no Terça no Crea

Novo Marco do saneamento foi pauta de Um Projeto para o Brasil no Terça no Crea

Mais um webinar promovido no Terça no Crea, na série “Um Projeto para o Brasil”, reuniu na noite de ontem, 29.09, especialistas, profissionais e estudantes para aprofundarem análise sobre os temas que estão sendo debatidos nacionalmente. O tema debatido através de live no canal do Conselho no Youtube, foi “Como Combinar Investimento Público e Privado para Universalizar o Saneamento?”

O presidente Evandro Alencar, falou da satisfação de participar de mais uma edição de um projeto tão promissor para a organização de um país mais igualitário, “onde as diferenças deixem de ser uma marca carimbada em cada cidadão, segregando os menos favorecidos”.

João Recena, membro do CTP, coordenador do projeto e moderador do debate, anunciou que um dos pontos centrais da agenda: discutir a lei sobre o Novo Marco para o Saneamento.

Abrindo a palestra, o palestrante, engenheiro e especialista em saneamento, Roberto Tavares, abordou os principais traços e implicações da nova Lei Federal nº 14.026/2020. Ele lembrou que entre os anos de 2013 e 2015 muito se ouvia reivindicar sobre saúde e educação, no entanto, o saneamento básico vinha esquecido ao longo de décadas.

Na opinião do palestrante, as pessoas esqueceram que a saúde e o saneamento funcionam como medidas preventivas, e que o saneamento, infelizmente, nunca foi tratado como prioridade no nosso país.

“O saneamento tem um arranjo extremamente complexo, diferente de outros setores da infraestrutura, onde o arranjo institucional é mais organizado. Aqui no Brasil ocorre com muita frequência as pessoas compararem os setores elétrico e de telefonia com o de saneamento, defendendo a ideia de que, se a privatização desses dos setores deu certo, o mesmo pode ser feito com o saneamento”, ressaltou.

“Eu não concordo com essa afirmativa e posso falar muito tranquilamente. Hoje estou no setor privado, mas, no setor público tive a oportunidade de participar da maior parceria público-privado do Brasil na área de saneamento, envolvendo um investimento da ordem de R$ 6,7 bilhões para a universalização do esgotamento sanitário na Região Metropolitana do Recife (RMR)”, afirmou.

Convidado especial, o engenheiro e diretor da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Ricardo Andrade, disse viver um momento histórico, em que o órgão passa a ser Agência Reguladora do Saneamento no Brasil. Falou sobre como a ANA pretende enfrentar o desafio de zelar pela qualidade dos serviços e garantir uma tarifa módica para todo brasileiro.

Por fim, o terceiro convidado do webinar foi o engenheiro e ex-vice-prefeito da cidade do Recife, José Carlos Melo a quem foi solicitado enfocar as principais preocupações e recomendações sobre o tema.

A agenda se estendeu por duas horas, com intensa apresentação de perguntas pelo chat do Youtube do Crea-PE. Sobre o Webinar, Leonardo Sampaio registrou: “​Parabéns Presidente Evandro e Coordenador Prof João Recena, pela mobilização dos engenheiros em um Pj para o Brasil !” Luiz Moura de Santana disse: ​“receba, parabéns pelo tema escolhido para esta terça-feira tendo como participantes Roberto Tavares, e José Carlos Mello, uma referência uma das maiores autoridades no setor.”

“Um Projeto para o Brasil” foi idealizado pelos membros do Comitê Tecnológico Permanente (CTP), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE). A série de webinar com foco em temas nacionais segue até o mês de dezembro. Todo o conteúdo das edições já realizadas está disponível: https://www.youtube.com/creapeoficial

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates