Capa > Destaque > O Cabo de Santo Agostinho na RMR recebe a Fiscalização do Crea-PE durante toda a semana

O Cabo de Santo Agostinho na RMR recebe a Fiscalização do Crea-PE durante toda a semana

Cabo de Santo Agostinho, localizada a 34,1 Km do Recife, na Região Metropolitana do município está recebendo as equipes de Fiscalização Dirigida do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), ação que se mantém da segunda (14.09) a sexta-feira (18.09). Além do Cabo, o Complexo Portuário de Suape e o litoral de Ipojuca, também são cidades que constam no mapa das Fiscalizações Dirigidas que o Conselho fará até dezembro.

No Cabo de Santo Agostinho, quinta cidade do plano de Dirigidas do Crea-PE, além dos agentes de fiscalização participam da agenda, a chefe de Fiscalização do Crea Aldenice Koga, o chefe da Fiscalização Eric José de Oliveira, e inspetores regionais do Conselho que atuam na inspetoria regional do Cabo de Santo Agostinho.

As operações, segundo a gerente de Fiscalização do Conselho, Aldenice Koga, têm o objetivo de intensificar a verificação sobre o exercício profissional da Engenharia, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da Meteorologia, de forma a assegurar a prestação de serviços técnicos ou execução de obras com participação de profissional habilitado e observância de princípios éticos, econômicos, tecnológicos e ambientais compatíveis com as necessidades da sociedade, assim como também atender demandas das Câmaras Especializadas,  a partir de informações e mapeamentos que identificam intensidade nos serviços e obras de Engenharia, Agronomia e Geociências em Pernambuco.

De acordo com informações prestadas pelo chefe da Regional Eric Oliveira, na segunda-feira (14.09), foram fiscalizadas 1 obra de civil e 13 indústrias. Na terça-feira (15.09) as ações de fiscalização ocorreram em 15 indústrias, 1 termelétrica, 1 obras de civil, 1 shopping center e 1 hotel.

Os empreendimentos distribuídos entre o centro, litoral e a zona rural da cidade.  As fiscalizações envolvem vários empreendimentos que incluem demandas das Câmaras Especializadas de Engenharia Civil (CEEC), Elétrica (CEEE), Agronomia (CEAG), Mecânica, Metalúrgica e Química (CEEMMQ) e, (CEEST) Segurança do Trabalho.

Os trabalhos da quarta-feira (16.09), que incluíram também a cidade de Escada, contabilizaram ações de Fiscalização em 09 obras, 14 indústrias, 1 empresas de provedores de Internet e 1 mineradora.

Segundo informou a gerente Aldenice Koga há um certo grau de dificuldade para o acesso a muitas empresas do Porto de Suape, já que os protocolos para entrada das equipes são bem rigorosos exigindo um tempo maior de espera e finalização das vistorias.

Já na quinta-feira (17.09) as vistorias que também foram realizadas na cidade de Escada foram as seguintes: 7 construtoras; 11 indústrias; 1 indústria;  1 obra pública (reforma do Cine Arte de Escada); 2 empresas de provedores de Internet; 1 supermercado; 1 mineradora de britas e 1 resort. Os números contabilizados até o 4º dia de atividades totalizaram, parcialmente 83 operações, de acordo com o que informou, entusiasmada, a gerente da Fiscalização Aldenice Koga.

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (18.09), o gerente da regional Eric Oliveira, prestou informações sobre a programação dos trabalhos do dia de hoje. “Para hoje teremos fiscalizações em resorts e construção civil em Muro Alto, Cupe e Porto de Galinhas em Ipojuca. No Complexo Portuário de Suape, no Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca, o foco será indústrias.

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates