Capa > Destaque > O Projeto para o Brasil do CTP do Crea-PE abordará o futuro do agronegócio no País

O Projeto para o Brasil do CTP do Crea-PE abordará o futuro do agronegócio no País

Inscreva-se: http://bit.ly/3iCg6MG

Os desafios de produção, mercado e a velocidade como tem funcionado o setor agrícola do Brasil, serão analisados na próxima semana, num evento especial, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco, o Crea-PE. A agenda será transmitida pelo canal do órgão o YouTube (Crea-PE Oficial), como webinar da série “Um Projeto para o Brasil, criado pelo CTP – Comitê Tecnológico Permanente, do órgão.

O presidente do Conselho, Evandro Alencar explica que a programação faz parte do Terça no Crea, e acontecerá, na próxima semana (13.10), 19h. O tema central vai ser “A agropecuária tem dado certo. Continuará neste ritmo? ”. Para falar sobre as diversas possibilidades nessa área, foi convidado como palestrante o diretor de Inovação do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento – (MAPA), Cleber Soares. O debatedor da agenda será o engenheiro Agrônomo Mauro Carneiro dos Santos. Já o engenheiro agrônomo e membro do Comitê Tecnológico Permanente (CTP) e, como moderador, engenheiro agrônomo e membro do CTP Geraldo Eugênio. O link de inscrição garante aos presentes receberão Certificados de Participação, tudo por email.

Na discussão do tema, o enfoque será dado a análise do especialista de como o Brasil pode aproveitar melhor a força do agronegócio e as vantagens da agricultura familiar.

“O agronegócio brasileiro é muito vantajoso, a grandeza e a diversidade do nosso agronegócio e a promissora agricultura familiar e as suas vantagens, são elementos que podem, se não acabar, ao menos diminuir o número de famílias que não têm acesso a comida”, antecipa.

Em 2019,o Brasil se tornou o maior exportador de milho do mundo, superando inclusive os Estados Unidos, com embarques de 44,9 milhões de toneladas, um crescimento de 88% em relação ao ano anterior. De acordo com informações publicadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2019, havia em todo o mundo um total de 815 milhões de pessoas sem acesso a alimentos. 200 milhões são crianças com menos de 5 anos de idade. E o nosso país figura nesse relatório com o preocupante número de 52 milhões de brasileiros sem acesso diário à comida de qualidade. A informação foi divulgada pelo IBGE, com base no último censo realizado em 2014.

“Essas informações são um contrassenso. Parece-nos que a falta de comida não é o maior problema. Acredito que nos faltam políticas públicas que priorizem a comida no prato dos brasileiros”, concluiu o presidente do Crea-PE, Evandro Alencar

Para se inscrever gratuitamente no webinar ­­­­­­­­­­­­­­­­­acesse: http://bit.ly/3iCg6MG

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates