Capa > Destaque > Presidente do CREA-PE e o prefeito de Gravatá conversam sobre implantação do Trem Turístico no município

Presidente do CREA-PE e o prefeito de Gravatá conversam sobre implantação do Trem Turístico no município

No sábado (1º. 09), o presidente em exercício do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), 1º vice-presidente, Fernando Lapenda, acompanhado do presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Gravata (Seag), Ênio César participou de reunião com o prefeito do município de Gravatá, Joaquim Neto, o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano, Ricardo Cardin, representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), da Organização Não Governamental (ONG), Amigos do Trem e demais secretários, sobre a elaboração de projeto técnico que visa implantar um trem turístico na cidade.

O encontro deu sequência ao projeto técnico de Engenharia para implantação de um passeio turístico de trem que ligará Gravatá ao distrito de Russinhas, na zona rural da cidade.

No que se refere à participação do Crea-PE, na mobilização em torno da obra. O prefeito pediu ao presidente Fernando Lapenda, a contribuição de suporte técnico para elaboração do projeto o que, de pronto, foi atendido. Agora, internamente, Fernando Lapenda viabilizará a atuação de profissionais do Conselho para atender à solicitação do gestor. Nas suas redes sociais, o prefeito Joaquim Neto, divulgou a parceria. “Hoje ganhamos mais um parceiro nesse projeto. Vamos contar com a ajuda e o trabalho do Crea-PE, representado pela pessoa do presidente em exercício, Fernando Lapenda”, comemora.

Serão 18 km de um percurso que passará por 6 viadutos e 14 túneis. Os túneis foram construídos no século 19 e os maiores chegam a medir 254 metros de comprimento e os viadutos foram reconstruídos na década de 40 tendo possuindo até 50 metros de altura. O passeio irá misturar história e belezas naturais.

“Esse é um trecho que funcionava como Linha Central de Pernambuco, ligando Recife a Salgueiro e foi tombado como Patrimônio Histórico Estadual pela representatividade e dificuldades que ocorreram na realização das obras de Engenharia no final do século 19. Não temos dúvida que o trem irá promover um passeio inesquecível para quem o fizer”, disse André Cardoso, presidente da ONG Amigos do Trem.

Em parceria com a prefeitura, integrantes da ONG já iniciaram os trabalhos de limpeza do trecho. Os serviços de capinação, remoção de terra, pedras e entulhos irá permitir o reconhecimento da área.

“Gravatá será a pioneira em Pernambuco com um produto diferente e inédito, que irá fortalecer e ampliar a cadeia turística e trazer mais oportunidades para todos. Estamos entrando na fase de finalização e ajustes do projeto para começar a captar recursos para conseguir instalar o Trem em nossa cidade”, disse o prefeito Joaquim Neto.

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates