Recife vacina trabalhadores da construção civil e indústria contra a Covid-19

O agendamento já está disponível desde a última sexta-feira (11) e a aplicação das doses para este grupo está sendo feita desde sábado (12)

Trabalhadores da construção civil e da indústria, a partir de 40 anos, já podem se vacinar contra a Covid-19. A Prefeitura do Recife anunciou a liberação da imunização para a categoria na última sexta-feira (11) e a aplicação das doses já está sendo feita desde sábado (12). Para garantir a vacina, é preciso fazer o cadastro no Conecta Recife. Tanto pelo site, que você pode acessar aqui, ou por aplicativo, que baixa no celular.

No cadastro, será preciso anexar foto do um documento com foto e a Declaração de Vínculo, no modelo fornecido pela Secretaria de Saúde do Recife, assinada pelo responsável da empresa. O Conecta Recife disponibilizou o modelo de declaração, que você pode acessar aqui.

Ainda será preciso preencher os dados no cadastro: nome, número do CPF, número do cartão do SUS, nome completo da mãe, telefone, endereço, data de nascimento, raça/cor. É necessário um e-mail para concluir o cadastro. Se não tiver um e-mail, pode informar de alguém que tenha, desde que você possa ter acesso às informações, já que a confirmação da vacina será enviada para este e-mail.

Feito o cadastro, é possível fazer o agendamento do local e horário. A Prefeitura do Recife disponibiliza 20 pontos de vacinação, entre salas e drive-thrus. Todos os locais funcionam de domingo a domingo, das 7h30 às 18h30. Para vacinar, é preciso apresentar um documento com foto, além da Declaração de Vínculo original assinada pelo responsável pela empresa. Também no site ou aplicativo do Conecta Recife tem uma lista, emitida pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), das indústrias incluídas neste grupo prioritário. Para ver esta lista, clique aqui.

NO INTERIOR
Cidades como Petrolina, no Sertão do Estado, já iniciaram a vacinação para profissionais da construção civil. Em Petrolina, estão sendo vacinados trabalhadores do setor entre 45 e 59 anos. Afogados da Ingazeira também já está vacinando os trabalhadores do setor a partir dos 50 anos.

O anúncio da vacinação para a categoria aconteceu dois dias após uma reunião entre o setor e o prefeito João Campos, onde representantes de entidades da construção civil e do setor produtivo do Estado cobraram a liberação da imunização para a indústria na capital. No encontro, o presidente do Crea-PE, Adriano Lucena, destacou na sua fala a celeridade da vacinação para a construção civil. “Eu acho importante que a cadeia produtiva possa combater o vírus com a vacina e que a gente possa desempenhar nossas atividades com segurança”.

O prefeito explicou que a logística para a vacinação da categoria era complicada por ter cadastradas 7 mil indústrias na cidade do Recife, que vão desde pequenas padarias a grandes indústrias de produtos químicos. Isso dificultava a liberação das doses. Mas garantiu que a Secretaria de Saúde do Recife estava buscando alternativas e que a vacinação deveria atender um escalonamento de idade, como de fato foi anunciado na última sexta-feira.