Crea-PE

Crea-PE empossa diretores e conselheiros na 1ª Sessão Plenária Ordinária de 2024

As cerimônias aconteceram, na noite desta sexta-feira (12), no Hotel Jangadeiro, em Boa Viagem

 

Durante a 1ª Sessão Plenária Ordinária do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) de 2024, realizada na noite desta sexta-feira (12), foram empossados os novos conselheiros e os diretores para o exercício 2024. As cerimônias aconteceram no Hotel Jangadeiro, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

O presidente do Crea-PE, Adriano Lucena, empossou os novos conselheiros – titular e suplente – da Associação dos Engenheiros de Pesca de Pernambuco (AEP-PE), Associação dos Engenheiros de Segurança do Trabalho do Estado de Pernambuco (AESPE), Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (IBAPE-PE) e o Sindicato dos Engenheiros de Pernambuco (SENGE-PE) e a da Associação dos Engenheiros e Agrônomos do Sertão de Pernambuco (Assea) e a Associação dos Geólogos de Pernambuco (AGP). Pelas instituições de ensino foram empossados os representantes da  Universidade de Pernambuco/Escola Politécnica (UPE/POLI) e a Faculdade de Ciências Agrárias de Araripina (Faciagra).

A nova diretoria do Crea-PE eleita para é formada pelo primeiro vice-presidente, José Constantino da Silva Filho; o segundo vice-presidente, Luiz Fernando Bernhoeft; o primeiro diretor Administrativo, Ronaldo Borin; a segunda diretora Administrativa, Adriana Palmério; o primeiro diretor Financeiro, Luiz Carlos Borges; e a segunda diretora Financeira, Rosely Angela de Souza Monteiro.

Presidente do Crea-PE faz balanço da gestão

“Nosso compromisso é com o acerto, a rapidez e a eficiência”, destacou Adriano Lucena. O presidente do Crea-PE ressaltou o trabalho da gestão para tornar o Crea-PE mais inclusivo, comprometido com o fortalecimento dos profissionais e participando ativamente dos debates de temas fundamentais para a sociedade.

Como exemplo de inclusão e valorização dos profissionais, Adriano Lucena citou a criação da Câmara de Engenharia Florestal, o foco na importância da Segurança do Trabalho, o Crea Qualifica e a expansão das inspetorias, como espaço social e de representatividade.

Segundo Adriano Lucena, o Crea-PE vai continuar construindo diálogos sobre os temas importantes para a sociedade, que envolvem as engenharias, a Agronomia e a Geiciências. “Queremos o debate sobre a Transnordestina, a ampliação do Metrô, o Arco Metropolitano, a BR-232”, afirmou. Para o presidente, também é importante a defesa do direito à educação, da moradia digna, mobilidade e saneamento básico. “Vocês estão todos convidados a participarem desses debates”, convocou o presidente.

O diretor Administrativo da Mútua-PE, Aerton Nepomuceno, fez um rápido balanço da gestão da caixa de assistência. Ele afirmou que o trabalho dos novos gestores será pautado pelo alinhamento com o Crea-PE.

Finalizando o primeiro dia da Sessão Ordinária, o conselheiro federal de Agronomia Nielsen Christianni fez uma apresentação sobre o Sistema Confea/Crea e Mútua para os novos conselheiros, focando nos instrumentos e ferramentas que serão utilizadas pelos novos conselheiros em suas atividades.

 

 

Skip to content