Capa > Destaque > Depois de se reunir com gestores da Faciagra, Evandro Alencar busca apoio do prefeito para tirar instituição de ensino da crise que enfrenta

Depois de se reunir com gestores da Faciagra, Evandro Alencar busca apoio do prefeito para tirar instituição de ensino da crise que enfrenta

IMG_3418Empenhado em ajudar a Faculdade de Ciências Agrárias do Araripe (Faciagra), a superar a série problemas que a instituição de ensino tem enfrentado, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, participou, juntamente com o chefe de gabinete do Crea-PE, Joadson de Souza Santos, de reunião com o prefeito de Araripina, Alexandre Arraes, no domingo (25).

Antes da conversa com o prefeito, Evandro se reuniu, no último dia 13, com a diretora da Faculdade de Ciências Agrárias do Araripe (Faciagra), engenheira agrônoma Serliete de Carvalho Mendes Schneider, para, junto com os coordenadores dos cursos de Agronomia e Tecnológico e Gestão Ambiental, Roberto Rivelino Ribeiro Carlos e Armínio Artur de Carvalho, respectivamente, se inteirar de todas as dificuldades que afetam a instituição de ensino superior, que tem 29 anos de fundação.

No encontro, o presidente do Crea-PE conversou com o prefeito sobre as dificuldades que estão sendo enfrentadas pela atual gestão da Faciagra dentre as quais a nota 1 obtida na primeira avaliação de 2015 realizada pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), e as dificuldades financeiras causadas pela falta de repasse de verbas dos órgãos públicos competentes. Outras questões são as relativas ao tempo de formação dos alunos, que é inferior ao exigido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), além dos problemas existentes com a grade curricular dos cursos, que não contempla todas as disciplinas exigidas.

Sobre os problemas da Faciagra, o presidente ressalta a preocupação com alunos do curso Tecnológico e Gestão Ambiental que para ser registrado no Crea-PE, necessita sofrer alterações tanto no título quanto na grade curricular. “Esse é o desejo dos alunos e nosso por entendemos que daremos melhores condições para que haja reconhecimento e aproveitamento dos concluintes no mercado de trabalho”, pontuou Evandro Alencar.

Ainda de acordo com o presidente do Conselho, após a explanação de toda a problemática envolvida na questão, ficou agendada para esta segunda-feira (26), uma reunião do chefe de Gabinete do Crea-PE, Joadson de Souza Santos, com a diretora da Autarquia Educacional do Araripe (AEDA), Maria Ramos, e a diretora da Faciagra, Serliete Schineider, onde deverão ser discutidos mais amplamente os problemas e as providências necessárias para que sejam solucionados o mais brevemente possível.

Dilma Moura
ASC do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates