Capa > Destaque > Fiscalização do Parque Eólico acontece com conversa entre as partes

Fiscalização do Parque Eólico acontece com conversa entre as partes

DSCN5050

Fiscalização dos Creas conversaram com os responsáveis pelas obras do Parque Eólico do Araripe

Após realizarem uma breve reunião na sede da Inspetoria de Araripina, os presidentes dos Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, e do Piauí (Crea-PI), Paulo Roberto Ferreira de Oliveira, o vice-presidente, o chefe de Gabinete, o gerente de Fiscalização do Crea-PE, Waldir Duarte Costa Filho, Joadson de Souza Santos e Romildo Cavalcanti, respectivamente, além dos agentes de fiscalização dos dois regionais, seguiram com destino a cidade de Marcolândia (PI), para, juntos, fazerem uma fiscalização no Parque Eólico Chapada do Araripe.

A ação, que teve caráter fiscalizador, acabou acontecendo por meio de uma conversa em mesa redonda com todos os integrantes dos Creas e os engenheiros responsáveis pelo empreendimento. Na conversa, o engenheiro Rodrigo Ferrari Errera falou de algumas dificuldades enfrentadas para regularizar a obra que está sendo realizada com a participação de 15 empresas, pela burocracia e exigências feitas pelos Creas do País.

Já o presidente Evandro Alencar questionou o coordenador da obra sobre a participação de profissionais estrangeiros e sobre a legalização desses profissionais, entre outras questões relativas a vistos e ARTs, por exemplo.

DSCN5026

Engenheiro responsável pelo empreendimento vai regularizar pendências juntos aos Regionais

Diante do que foi conversado, ficou acordado que o engenheiro iria se inteirar da situação dos estrangeiros e, se necessário, procurar o Crea para regularizar a situação desses profissionais. Já o presidente do Crea-PI, que também é coordenador do Fórum de Presidentes dos Creas do Nordeste, se comprometeu de verificar a possibilidade de um entendimento quanto aos problemas que dizem respeito à burocracia dos Creas.

De acordo com informações do engenheiro Rodrigo Errera, a obra deverá começar a captar energia, a partir do dia 1ᵒ de julho deste ano.

 

Dilma Moura
ASC do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates