No Dia do Engenheiro Agrícola, o Crea-PE parabeniza todos os profissionais da modalidade

indiceO Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), parabeniza nesta quinta-feira (27), todos os engenheiros agrícolas, na data instituída em sua homenagem. Conhecido por dar soluções de Engenharia para o meio rural, conforme a Resolução nº 256/78, do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), compete a esse profissional o desempenho de atividades de supervisão, estudo, assessoria, vistoria, controle de qualidade, fiscalização de obra, entre outras referentes à aplicação de conhecimentos tecnológicos para a solução de problemas relacionados à produção agrícola, envolvendo energia, transporte, sistemas estruturais e equipamentos, nas áreas de solos e águas, construções para fins rurais, eletrificação, máquinas e implementos agrícolas, processamento e armazenamento de produtos agrícolas e controle da poluição em meio rural.

Trabalhando com construção rural, mecanização e desenvolvendo sistemas de suporte à produtividade que contribuem, por exemplo, para o armazenamento adequado de grãos e evitam perdas agrícolas, o engenheiro agrícola proporciona ainda mais divisas para o Brasil de modo sustentável, uma vez que planejamento e infraestrutura otimizam a produtividade agrícola do país, sem desconsiderar as questões ambientais.

As tecnologias e soluções levadas pelo engenheiro agrícola ao setor rural são pautadas por critérios econômicos e sociais, capazes de melhorar a vida da população, mantendo a qualidade da produção e garantindo renda, assim, os produtores permanecem no campo e não precisam migrar para os centros urbanos.