Capa > Destaque > Presidente do Crea-PE participa, no Sinduscon-PE, de debate sobre Composições e preços do Sistema SINAPI

Presidente do Crea-PE participa, no Sinduscon-PE, de debate sobre Composições e preços do Sistema SINAPI

Sinduscon 3Cerca de 150 pessoas, entre as quais, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, o conselheiro Frederico de Vasconcelos Brennand, o Inspetor do Cabo, Fernando Antônio Lapenda e o chefe de Gabinete do Conselho, Joadson de Souza Santos, além de   engenheiros, construtores, orçamentistas e representantes de órgãos contratantes de obras públicas, bem como demais órgãos fiscalizadores estiveram presentes no Sinduscon-PE, nesta quarta-feira, 26, durante toda a tarde, para assistir a apresentação da gerente nacional de Padronização e Normas Técnicas da Caixa Econômica Federal, Tatiana Thomé de Oliveira.
As atualizações no sistema referencial de preços SINAPI, de uso obrigatório para a contratação de obras com uso de recursos da União, foram abordadas pela especialista, à frente desse trabalho. «Estamos conseguindo através de mudanças de procedimentos metodológicos que os preços do SINAPI se aproximem dos praticados pelo mercado», comentou ela, informando ainda que a coleta de preços dos materiais, equipamentos e serviços é feita pelo IBGE. O trabalho vem sendo feito em parceria com a CBIC, através da Comissão de Obras Públicas. O diretor da  Câmara, Geraldo de Paula, também esteve presente durante o evento.
Para o presidente do Sinduscon-PE, Gustavo de Miranda, o evento consistiu em uma grande oportunidade para o setor tentar reduzir as dificuldades com a administração dos contratos de obras públicas. “Entendemos que é chegada a hora de voltarmos a estudar melhor nossos orçamentos, tirarmos as dúvidas e destacar os principais problemas encontrados a fim de vê-los solucionados”, disse.  “Como bem disse Dra. Tatiana, o SINAPI não é mais uma tabela, é um sistema de referência, e isso requer uma análise mais cuidadosa para cada caso. As obras terão que ser cada vez mais  analisadas individualmente”, completou.
Fonte: Gabriela Vasconcelos
ASC do Sinduscon-PE
Free WordPress Themes - Download High-quality Templates