Capa > Destaque > Projeto Novo Recife será debatido em reunião plenária extraordinária do Conselho de Engenharia

Projeto Novo Recife será debatido em reunião plenária extraordinária do Conselho de Engenharia

pleno 4 - menorO plenário do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) irá discutir, na próxima quarta-feira (18), em reunião extraordinária o projeto Novo Recife, que pretende construir um empreendimento imobiliário no Cais José Estelita, área central da capital pernambucana, e o Ocupe Estelita, movimento social que ocupa o espaço do Cais desde o dia 22 de maio. A proposta do presidente do Conselho, engenheiro civil José Mário Cavalcanti, foi aprovada por aclamação pelos conselheiros na reunião plenária desta quarta-feira (11).

Para enriquecer o debate entre os conselheiros, José Mário irá convidar representantes do Novo Recife e do Ocupe Estelita. “Além dos envolvidos, vamos convidar também o Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo (CAU) e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-PE). É interessante para os conselheiros ouvirem todos os lados da história”, pontuou José Mário Cavalcanti.

Na última semana, o presidente foi convidado pelo prefeito do Recife, Geraldo Julio, para participar das três reuniões que foram realizadas nos dias 03, 05 e 06 de junho, para debater com demais autoridades e representantes de entidades soluções para o impasse sobre as obras no Cais José Estelita.

Nas reuniões com o poder público municipal, o presidente destacou que “o Crea-PE tem assento no Comitê de Desenvolvimento Urbano (CDU) e votou pela aprovação do Novo Recife, considerando os pontos de vistas legal e técnico, mas, agora a questão transcende o caráter legal e técnico e passa a refletir os anseios de segmentos organizados da sociedade, principalmente, do “Ocupe Estelita”. É importante, segundo José Mário Cavalcanti, destacar “a responsabilidade dos empreendedores do Consórcio Novo Recife e da legitimidade do Movimento Ocupe Estelita”.

Durante a reunião plenária desta quarta-feira, o presidente também apresentou suas ações à frente do Conselho no mês de abril e maio. Entre as atividades estão o convênio firmado entre o Crea-PE, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes e o Itep para vistoria de prédios caixão. Além disso, ele destacou a participação dos conselheiros da câmara de Engenharia Civil no Encontro Nacional da modalidade (ENEC), promovido pelo Confea, em Maceió.

Ainda no pleno, o 1° vice-presidente do Conselho pernambucano, engenheiro civil Arnaldo Cardim, fez um breve relato das atividades em que representou o Regional. Nesse período, Cardim participou de uma reunião do Colégio de Presidentes (CP), em Goiânia, e um encontro do Grupo de Trabalho de Visto Profissional, em Brasília. “É importante destacar que o Crea-PE está envolvido nos principais debates da Engenharia no País. Estou representando a Regional no GT do Visto Profissional, em que está sendo pensado um novo modelo de carteira profissional, que possibilite  dispensar a necessidade do visto tradicional”, explicou Cardim.

Aniversário de 80 anos

Na plenária, o presidente do Crea-PE ainda apresentou aos demais conselheiros a programação das comemorações de aniversário de 80 anos do Conselho. “A diretoria montou uma primeira programação. Estamos prevendo um ato cívico de queima das bandeiras, culto ecumênico, plenária extraordinária, obliteração de selo comemorativo, entrega de placas e homenagens aos ex-presidentes do Conselho e muito mais”, explicou José Mário.

A data será comemorada a partir do dia 7 de julho, data em que o Conselho Pernambucano começou a atende à população. “A lei que criou os Creas foi de 23 abril de 1934, mas o pleno funcionamento do Crea-PE aconteceu em julho de 1934. É uma data emblemática para a Engenharia brasileira e para a sociedade pernambucana”, destacou o presidente.

Rui Gonçalves
ASC do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates