Capa > Destaque > Inovações e Ética Profissional são debatidos na manhã do primeiro dia do Seminário de Lideranças Regionais

Inovações e Ética Profissional são debatidos na manhã do primeiro dia do Seminário de Lideranças Regionais

DSCF3173

Mesa de abertura contou com membros da diretoria 2014, nova superintendência e diretor geral da Mútua em Pernambuco, Augusto Nogueira

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), Evandro Alencar, fez, na manhã desta sexta-feira (30), a abertura do 1º Seminário de Lideranças Regionais, que acontece até amanhã (sábado, 31), no Bonito Plaza hotel, na cidade de Bonito (PE). A mesa de abertura foi composta pelo presidente Evandro Alencar, pelo 1º vice-presidente, Norman Costa, e pelo 2º diretor financeiro, Célio Neiva, ambos da diretoria composta em 2014, pelo diretor regional da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-PE, Augusto Nogueira, e pelo superintendente do Crea-PE, Luiz Antônio Libonatti.

No evento, que reúne conselheiros, inspetores e servidores, o presidente Evandro Alencar iniciou a sua participação agradecendo a presença dos convidados e dizendo da expectativa positiva de um trabalho que deverá ser feito com a ajuda e a participação de todos. “Juntos, trabalharemos para dar maior visibilidade ao Crea-PE e, para tanto, prestaremos serviços de qualidade aos profissionais e à sociedade. Sabemos que  muitos profissionais estão afastados do Sistema porque se sentem rejeitados. Já temos propostas para mudar essa situação. Para isso, vou precisar da colaboração de conselheiros, inspetores e colaboradores para conseguirmos crescer mais rápido sem perdermos muito tempo para obter resultados”, garantiu Alencar.

DSCF3181

Evandro Alencar lançou ideia de Plenária Itinerante no Seminário

O presidente também falou do projeto de criar a Plenária Itinerante e levar o Sistema para quem está mais distante, explicando que nas plenárias que acontecem no Recife não há participação de profissionais que estão fora das entidades de classe e das instituições de ensino. “Temos que levar os profissionais para ver como funcionam as plenárias, as câmaras e as comissões e o Conselho como um todo”, ressaltou Alencar, lembrando que muito se fala da baixa representatividade nas eleições do Sistema, mas é sabido que há um grande descredito dos profissionais. “O profissional está tão desinteressado que se não formos buscá-los eles não virão mais para o Conselho. Nos comparam a OAB, ao Cremepe e a outros órgãos. Não adianta só compararmos, é necessário trabalhar para nos equipararmos”, afirmou Alencar.

Concluída a fala de abertura, o presidente deu início à palestra que tratou da importância do Conselho Federal e Regional, abordando tópicos como tempo de criação, missão, visão, valores, compromissos, estruturas básicas e funcionais dos órgãos.

Na ocasião, falou ainda do projeto de criação do Grupo de Trabalho Reaproximação (GT Reaproximação), Colégio de Entidades Regionais, Colégio de Inspetores, de Instituições de Ensino e do Conselho Consultivo, por meio do qual, profissionais que não fazem parte de instituições de classe e de ensino possam contribuir com o Crea-PE, a exemplo do que está sendo feito pelo engenheiro Mário Antonino, na série de ensaios técnicos sobre o semiárido que, no primeiro exemplar, trouxe trabalho do enegenheiro Waldir Duarte Costa sobre barragens subterrâneas.

DSCF3201

Evandro falou do interesse em incrementar as Inspetorias Regionais

Por fim, o presidente falou do interesse de incrementar o trabalho das inspetorias com foco no incremento do trabalho da fiscalização para melhorar os índices de aproveitamento dos fiscais e do desejo de criar o Creamóvel onde, num carro com toda estrutura necessária, serão melhor atendidas as áreas mais desassistidas. “Temos que fazer ações independentemente do retorno financeiro. Precisamos dizer que voltamos, e que estamos defendendo os interesses da sociedade e dos profissionais que representamos”, concluiu o presidente, passando a palavra ao coordenador da Comissão de Ética de 2014, engenheiro florestal Nielsen Christianni Gomes da Silva.

Para abordar o assunto de sua palestra, Nielsen Christianni, fez uma abordagem histórica e etimológica da Ética. Em seguida, falou da Resolução nº 1.002/2002, que deu origem à publicação do Código de Ética do Sistema Confea/Crea, por meio do qual poderão ser asseguradas a boa e honesta prática das profissões das áreas tecnológicas. Na oportunidade, o coordenador ainda falou sobre as condutas e sanções aplicáveis quando das práticas desonestas e sobre quais os dados que devem constar numa denúncia para que possa ser averiguada. Concluídas as participações da manhã foi cumprida a programação do primeiro horário do primeiro dia do encontro.

Dilma Moura
ASC do Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates