Crea-PE

Crea-PE participa do VI Simpósio de Construção Civil de Serra Talhada

Vice-presidente do Crea-PE, Stênio Cuentro, apresentou a palestra “Ferramentas tecnológicas e a evolução do conhecimento, na terça-feira (03)

“Ferramentas tecnológicas e a evolução do conhecimento” foi o tema da palestra do vice-presidente do Crea-PE, Stênio Cuentro, no VI CONSTRUFIS (VI Simpósio de Construção Civil de Serra Talhada-PE), na terça-feira (3). A apresentação foi para uma plateia em torno de 400 estudantes e professores de engenharia.

“As ferramentas são construções de milhares de anos, de pessoas que acertam, erram, acertam, erram. Um método de tentativa, erro e acerto”, destaca Cuentro. A apresentação foi um passeio pela história ao longo dos milhares de anos da humanidade e uma projeção para o futuro.

Já no início, Stênio Cuentro faz uma provocação à plateia ao apresentar uma imagem do século 16, onde retrata o que ele classifica de profissional completo: engenheiro, matemático, físico, arquiteto, filósofo. Na imagem, além deste profissional, ferramentas que são a origem do que hoje ainda é usado pelo homem, mesmo com a tecnologia, como a bússola, o astrolábio.

“Mostrei a evolução do homem, avaliando com a gente chegou aqui hoje. As várias espécies de homens. Trezentas espécies e no momento daqui fala-se que surgiu o homo sapiens sapiens, o homem que sabe sabe”, explica o vice-presidente do Crea-PE. Ele marca a descoberta da roda como uma das maiores descobertas do homem para sua evolução, sem deixar destacar a roda d ́água, que para Cuento, é a segunda maior invenção do homem.

Na lista das invenções, a polia, onde o homem consegue reduzir a carga de materias que precisa elevar, possibilitando um homem elevar um bloco de concreto de uma tonelada sozinho com a quantidade de polias que viabilizem o processo. Cuentro ainda cita os aquedutos romanos, que envolve engenharia, topografia na sua construção, sem usar ferro ou cimento, levando água a uma população de um milhão de pessoas.

Entre as invenções apresentadas pelo vice-presidente, está o ábaco. “A primeira ideia de acúmulo de conhecimento do homem foi com números”, atesta Cuentro. Segundo ele, a sua apresentação é baseada num texto de 30 páginas, que vai virar um artigo técnico científico, que terá dados como: há 7 mil anos, como era a população do mundo? Como estava distribuída? Quais eram os utensílios que já eram produzidos pelo homem?

Cuentro destaca a participação dos alunos da faculdade e de outras instituições técnicas da região, inclusive, o Instituto Técnico de Salgueiro, com uma comitiva, outros institutos técnicos da região. O encontro começou na segunda-feira (2) e se encerrou na quarta-feira (04). Além das apresentações, o evento contou com uma feira e uma exposição de produtos de construção civil.

A participação do Crea-PE atendeu a um convite da Faculdade de Integração do Sertão (FIS), organizadora do evento. Stênio esclarece que semanalmente o Crea tem um evento envolvendo a universidade, seja colação de grau, palestra, feira. “Estamos acolhendo os universitários, sua casa profissional”, reforça.

Compartilhar:
Skip to content