Crea-PE recebe homenagem da população pela oposição à construção de viadutos na Agamenon

Especialistas na área de transportes, empresários e moradores do entorno da Avenida Agamenon Magalhães estiveram, ontem (31.07), em reunião com o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), José Mário Cavalcanti, para agradecer a manifestação do Conselho contrário à construção de quatro viadutos na Agamenon Magalhães. Para o grupo, especialistas e demais entidades que se manifestaram publicamente, a intervenção estava sendo imposta, visto que não houve discussão com a sociedade. Na semana passada, o governado Eduardo Campos sinalizou que iria rever a proposta de construção dos viadutos.

“Não temos dúvida de que a presença do Crea-PE foi fundamental nessa primeira batalha, devido à experiência e ao peso político de um Conselho com mais de 30 mil profissionais. Por isso, agradecemos o esforço do presidente José Mário, que sempre esteve conosco”, disse o engenheiro e um dos líderes do movimento contrário à construção dos viadutos, Stênio Cuentro.

O presidente do Clube Português do Recife, Luiz José Alves Vilella, considerou a atitude de José Mário como “corajosa”. “Você foi contrário aos interesses do Governo porque tem convicção de que a opção apresentada não é a melhor para o Recife. Parabenizo-o pela condução do processo de resposta ao Estado com argumentação técnica, explicando o porquê de não considerar os viadutos como a melhor solução para os engarrafamentos na Agamenon”, destacou Vilella.

Dizendo-se honrado com a homenagem, José Mário lembrou que a batalha foi vencida, mas não a guerra. “Vamos aguardar o fim do processo eleitoral para ver como fica essa questão. Nosso movimento é legítimo, por isso foi exitoso. Consideramos racional e coerente a decisão do governador em rever o projeto”, ressaltou o presidente do Crea-PE.

José Mário aproveitou o momento para também agradecer o empenho de Stênio Cuentro, que deu grande contribuição técnica para sensibilizar o Governo a repensar às intervenções na Agamenon. “Stênio colaborou de forma intensa nessa primeira vitória da população recifense. Ele é um grande guerreiro, competente e teve boa vontade, sendo imprescindível nesse processo”, comentou José Mário.

O presidente sugeriu que fosse recolhido dos candidatos a prefeito do Recife um termo de compromisso de abrir o diálogo para avaliar a necessidade da obras, sendo assim uma decisão coletiva.

Kele Gualberto

ASC do Crea-PE