Crea-PE

Engenheiro de produção presenteia vice-presidente do Crea-PE com livro sobre a história da Celpe

Publicação marcou o aniversário de 50 anos da antiga companhia energética

O vice-presidente do Crea-PE, Clóvis Segundo, recebeu na manhã desta quarta-feira (29), a visita do engenheiro de produção Antiógenes Cordeiro. O encontro, na sede provisória do Conselho, no bairro do Espinheiro, foi marcado por um momento especial: a entrega do livro Construtores da Celpe, obra que registra os 50 anos da antiga Companhia Energética de Pernambuco, que migrou para o segmento privado.

A publicação é de 2015 e foi escrita por Marcílio Renaux, Heraldo Borborema, Horácio Fittipaldi, Ivo Freitas e Laercio Pinto. O livro traz depoimentos da trajetória de profissionais que passaram pela instituição, sendo a memória da antiga companhia e da expansão dos serviços de distribuição de energia elétrica no Estado.

O engenheiro Antiógenes Cordeiro se define como um apaixonado pela Celpe. Ele trabalhou por 25 anos na instituição e se aposentou no ano de 2016. “O livro é fascinante para mim. Eu destaco o conjunto todo da obra. Tudo que foi construído foi com o maior carinho, onde se procurou retratar a verdadeira Celpe. O título é muito bonito”, ressaltou o ex-celpiano.

Durante a visita, o vice-presidente do Conselho, Clóvis Segundo, sugeriu marcar uma agenda com a Neoenergia para discutir a possibilidade de fazer o relançamento deste livro em 2024. “A história da instituição no Estado foi construída por pessoas e a nossa ideia é prestar uma homenagem a estes profissionais”, concluiu.

Um dos autores da obra, o engenheiro Horácio Fittpaldi, hoje com 85 anos, trabalhou na antiga companhia energética durante 27 anos, passando por vários cargos. Ele descreve esse período como de muita felicidade. “Nos reuníamos aqui em casa para escrever o livro. A obra traz a história de cada um e ele é um orgulho para mim. A minha passagem na Celpe foi muito feliz”.

Skip to content