IAB-RJ lança concurso de projetos para urbanização de favelas

O departamento carioca do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ), em parceria com a Secretaria Municipal de Habitação do Rio de Janeiro (SMH-RJ), lançou, no último dia 15, o concurso Morar Carioca, que busca conceitos e metodologias para guiar o desenvolvimento da urbanização de todas as favelas do Rio de Janeiro passíveis de intervenção até 2020.

Segundo o edital, o objetivo do concurso é fornecer à SMH-RJ o "cadastro técnico de até 40 equipes multidisciplinares coordenadas por arquitetos e aptas para serem contratadas no âmbito do Morar Carioca, pelo período de dois anos, prorrogáveis por igual período, para fins de elaboração de projetos de urbanização em favelas na cidade do Rio de Janeiro."
 
Após selecionadas, as equipes realizarão três etapas: diagnóstico, plano de intervenção e projetos básicos. Na primeira, será feito um diagnóstico das necessidades da área em relação à acessibilidade, urbanização, paisagismo e segurança dos edifícios existentes. Na segunda, serão apresentados planos para que os problemas constatados na primeira etapa sejam resolvidos. Já na terceira, serão desenvolvidos os projetos básicos de paisagismo, urbanismo e arquitetura.
 
O resultado deverá ser divulgado no dia 6 de dezembro em cerimônia a ser realizada na sede do IAB-RJ. Os R$ 500 mil de premiação serão distribuídos entre as equipes vencedoras, sem valor único exato.
 
As inscrições devem ser realizadas através do preenchimento da ficha de inscrição disponível no site do concurso até o dia 29 de novembro de 2010, após pagamento de uma taxa de R$ 200. O concurso é destinado a arquitetos registrados no sistema Confea/Crea.