José Mário se reúne com GT São Francisco no Ceará e concede entrevista para TV

 

O presidente do Crea-PE. José Mário Cavalcanti, esteve na última sexta-feira (11) em Fortaleza para a terceira reunião do Grupo de Trabalho para Acompanhamento das Obras de Transposição das Águas do Rio São Francisco – Projeto de Interligação do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional. Na ocasião, o presidente apresentou a programação do I Encontro do São Francisco que será promovido pelo Confea e Crea-PE, em Petrolina/PE, de 2 a 4 de março, e concedeu entrevista para a TV Verdes Mares, afiliada da Globo Nordeste.
 
Durante o encontro do GT São Francisco, foram apresentadas duas palestras, uma delas ministrada pelo presidente da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado do Ceará (COGERH), o engenheiro Francisco José Coelho Teixeira, que abordou sobre A Gestão de Recursos Hídricos no Estado do Ceará no contexto do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Ainda na reunião, o engenheiro Francisco Lopes Viana, superintendente de Regulação da Agência Nacional de Águas (ANA), falou sobre o Modelo Institucional de Gestão do Projeto de Interligação do Rio São Francisco com as Bacias do Nordeste Setentrional. No sábado (12), o grupo participou de uma visita às obras de ampliação do Porto do Pecém.
 
Já a entrevista concedida pelo presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, focou a intensificação das obras nos eixos leste e norte ainda em 2011 discutida pelos engenheiros do Crea de todo o nordeste e da Agência Nacional das Águas durante a reunião do GT São Francisco. Considerada uma obra de prioridade para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com investimento na ordem de R$ 6 bilhões, a expectativa é de que o primeiro trecho do projeto de integração das bacias hidrográficas do Nordeste, que vai atender as populações da Paraíba e de Pernambuco, comece a beneficiar populações sertanejas ainda este ano. Segundo José Mário, o I Encontro do São Francisco vai debater a infraestrutura de cada estado que recebe essas águas e como estarão inseridas nas alterações da transposição do rio São Francisco.
 
Clique aqui e assista a entrevista concedida pelo presidente do Crea-PE a TV Verdes Mares.
 
Vanessa Bahé
ASC Crea-PE