Crea-PE

“O CEP como catalisador do desenvolvimento regional e do país” é o tema do Crea Convida desta terça-feira (16)

Debate será no formato virtual, com transmissão ao vivo pela TV Crea-PE, no YouTube, a partir das 19h, com espaço para interação com os participantes

 

Os meses de julho e agosto foram intensos para o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE). Na pauta, a missão de mobilizar seus profissionais na participação para a elaboração de propostas para contribuir não só para a melhoria para a categoria como para o bem-estar da sociedade e desenvolvimento econômico e tecnológico de cidades, estado e país.

As propostas vão compor a pauta pernambucana para ser apresentada e defendida no Congresso Nacional de Profissionais (CNP), realizado a cada três anos pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea),que acontecerá de 6 a 8 de outubro, em Goiânia (GO). Para participar deste evento nacional, os conselhos regionais realizam seus congressos estaduais. Mas antes, organizaram os encontros microrregionais preparatórios para compilar as propostas.

Toda esta logística tem o intuito de discutir e propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação, com a participação dos profissionais das áreas contempladas pelo Sistema Confea/Crea no desenvolvimento nacional, propiciando maior integração com a sociedade e entidades governamentais.

Cada congresso atende uma pauta votada e aprovada pelo Confea. Para este ano, o tema é “Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o Desenvolvimento Nacional”, sob a ótica de três eixos de discussão: inovações tecnológicas, infraestrutura e atuação profissional. Para falar dos bastidores de toda essa operação de preparação do 11º CEP-PE, o Crea Convida desta terça-feira (16) trará o tema “O CEP como catalisador do desenvolvimento regional e do país”. O assunto será apresentado pelo engenheiro civil e coordenador adjunto do 11º CEP-PE, Nailson Pacelli; pelo engenheiro civil e delegado do CEP de Floresta, Ellen Guedes; e pelo engenheiro florestal e superintendente Técnico do Crea-PE, Nielsen Christianne.

Para este CEP-PE, o presidente do Crea-PE, Adriano Lucena, deu voz aos profissionais do interior do Estado. Tanto é que realizou encontros microrregionais nas cidades com as 17 inspetorias do Conselho. E ainda inovou quando incluiu na pauta um encontro inédito, com a participação dos profissionais da entidades de classe ligadas ao conselho pernambucano.

Todos os micro encontros registram o quórum mínimo para validar as propostas encaminhadas. Além das propostas, também foram escolhidos delegados e delegadas das cidades e região onde foram realizados os eventos. Eles serão responsáveis pela defesa das propostas no CEP-PE, que acontece agora entre os dias 26 e 27 de agosto.

Neste evento, serão ajustadas as propostas para que elas atendam todas as regras para serem apresentadas no CNP. Atendidos os critérios, são submetidas à votação. As aprovadas serão apresentadas no congresso nacional. Lá, os delegados eleitos no encontro dos dias 26 e 27 de agosto vão apresentar, defender e buscar a aprovação das proposituras.

Os detalhes deste 11º CEP-PE podem ser acompanhados no Crea Convida. Depois da apresentação do assunto, os participantes podem fazer perguntas, tirar dúvidas e apresentar sugestões. O Crea Convida será virtual, com transmissão ao vivo pela TV Crea-PE, no YouTube, a partir das 19h.

 

Skip to content