Home > Arquivo > Salgueiro recebe Crea-PE

Salgueiro recebe Crea-PE

Recife, 30 de junho de 2013

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) promoveu, na noite desta terça-feira (28), no município de Salgueiro, o terceiro encontro microrregional preparatório para o Congresso Estadual de Profissionais (CEP) do Sistema Confea/Crea e Mútua, que será realizado no Recife nos dias 12 e 13 de julho. Os dois primeiros ocorreram nas cidades de Garanhuns e Caruaru. Os outros eventos serão realizados em Araripina (06/06) e Petrolina (07/06). Fizeram parte da mesa, o presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, o 1º vice-presidente Arnaldo Cardim, o prefeito de Verdejante, Péricles Tavares, o secretário de Planejamento de Salgueiro, Carlos Marcelo de Sá, o coordenador-adjunto da Comissão do CEP, Nielsen Christianni, e o inspetor Ernando Alves.

De acordo com o presidente José Mário, é importante que os profissionais participem destas reuniões, onde estão sendo debatidas sugestões nas mudanças da Lei 5.194/66, considerada marco regulatório do Sistema Confea/Crea. “É importante que o Sistema organize mais eventos para discutirmos temas fundamentais, principalmente, em relação às inovações tecnológicas para suprir as novas demandas consequentes do crescimento econômico. Estamos discutindo uma lei que vai fazer cinquenta anos e que não mais atende as nossas realidades”, disse o presidente. 

Arnaldo Cardim, que esteve representando a Diretoria do Crea-PE, destacou que é necessário a união, fortalecendo o Sistema em defesa da sociedade e do exercício dos profissionais inscritos no Conselho. “Esse é um momento muito bom, pois temos a certeza de que estamos construindo um novo marco regulatório do Sistema”, avaliou. Para Nielsen Christianni, “estamos debatendo a vida do Sistema para os próximos anos”. “Saímos daqui com propostas de grande teor e com a participação efetiva de todos os profissionais”. 
 

O prefeito Péricles Tavares, que participou de todo evento, disse que é de grande importância a promoção desses debates no Interior, que possui muitos profissionais vinculados ao Sistema Confea/Crea. Já o secretário Marconi Libório lembrou a dificuldade de contratar engenheiros civis. “Estamos vivendo um boom devido à grande quantidade de empreendimentos na região. Salgueiro, por exemplo, atravessa bons momentos com as obras estruturadoras: Transposição das águas do Rio São Francisco e a Transnordestina”, analisou. 

Os presentes assistiram a uma palestra proferida pelo chefe de Gabinete, Osvaldo Fonsêca, sobre o Marco Legal do Sistema. Ele começou apresentando um breve histórico sobre a criação dos conselhos. “O período de 1966 a 2008 foi um dos mais importantes porque tivemos a criação da Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais e da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), as eleições diretas, a participação efetiva no parlamento por meio do acompanhamento de projetos de leis, organização de eventos com foco mais técnicos e a participação e compromisso em eventos internacionais”, revelou. 

De acordo com dados apresentados por Osvaldo Fonsêca, o Sistema possui mais de um milhão de profissionais registrados distribuídos em 307 títulos profissionais, sendo a maioria vinculada as mais de 200 mil empresas. O Sistema é formado por 1.592 conselheiros, 525 inspetorias e quatro mil colaboradores e agentes fiscais. “O grande desafio do novo Sistema é definir as competências e as atribuições profissionais na forma da lei e posicionar-se com segurança nos grandes temas nacionais”, destacou. 
 
 

Check Also

Novo diretor financeiro da Mútua será eleito hoje

Cumprindo determinação do Confea, através da Resolução 1.117/19, bem como a Deliberação nº 147/2020-CEF, aprovada …