Capa > Destaque > “Jamais pensei em ser presidente do Crea-PE”, diz Evandro, ao entregar sede própria do órgão em Araripina

“Jamais pensei em ser presidente do Crea-PE”, diz Evandro, ao entregar sede própria do órgão em Araripina


Evandro Alencar acompanhado por Heleno Mendes e José Costa Filho (Boré), estiveram concedendo entrevista na manhã desta sexta (12) ao radialista Roberto Gonçalves na Arari FM 90,3.

Por Roberto Gonçalves / Foto: Iran Modesto

O engenheiro civil sertanejo Evandro Alencar está de alma lavada. Antes de encerrar seu segundo mandato no próximo ano como presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), entrega nesta sexta-feira (12), em Araripina, no Sertão de Pernambuco, a sede própria da inspetoria do órgão na cidade.

Evandro Alencar esteve nesta sexta (12), juntamente com o coordenador da inspetoria do Crea em Araripina, Heleno Mendes, e o engº agrônomo José Costa Filho (Boré), concedendo entrevista ao radialista Roberto Gonçalves na Arari FM 90,3. Segundo ele, essa conquista que acontece hoje, se deve a criação da Associação de Engenheiros e Técnicos do Araripe (Assengea), em 2009.

“ A Assengea é a grande responsável por essa presidência. Eu jamais tinha pensado ser presidente do Crea. No dia 27 de novembro de 2009, a gente fundou a associação já com 26 membros, e quatro anos depois, em 2013, eu já estava sendo eleito conselheiro federal, e em 2014 presidente do Crea-PE”, lembrou.

Para o presidente Evandro Alencar a oportunidade tem significado duplo. Primeiro por cumprir o compromisso com os profissionais de toda a região e, segundo por ter a oportunidade de homenagear três dos mais importantes profissionais que já conheceu e que muito contribuíram para a Engenharia estando à frente de importantes obras, especialmente, no Interior do Estado.

“A nova estrutura proporcionará melhor atendimento e comodidade aos profissionais e público em geral, com espaço e estrutura adequadas, possibilitando condições de acessibilidade, às pessoas com necessidades especiais, por meio da aplicação das normas específicas visando cumprir o que estabelece a legislação, que regulamenta os procedimentos para adequação dos espaços físicos”, complementa Evandro Alencar.

A solenidade de inauguração da sede terá início às 18h, momento em que o presidente Evandro Alencar, anfitrião do evento, dará as boas-vindas e discorrerá sobre os desafios e benefícios que a inspetoria oferecerá aos profissionais, empresas e a sociedade de Araripina e dos municípios jurisdicionados: Bodocó; Exu; Granito; Ipubi; Moreilândia; Ouricuri e Trindade.

Depois do corte da fita inaugural, os convidados assistirão palestra sobre “Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o Desenvolvimento Nacional”, realizada pelo presidente do Confea, Joel Krüger. Em seguida, será realizada, pelo deputado federal João Campos (PSB-PE), a segunda palestra da noite sobre as “Principais Proposições Legislativas sobre Engenharia e Agronomia – Congresso Nacional”.

No sábado, a agenda do evento reiniciará às 9h com a visita técnica ao Complexo Eólico Chapada do Piauí. Em seguida almoço em restaurante de comida regional. A partir das 15h, terá início a 9ª Plenária Itinerante. Por fim, à noite, a partir das 20h haverá Encontro de Confraternização em restaurante local.

Sobre a cidade – Araripina é a 2ª maior cidade da mesorregião do Sertão Pernambucano e o principal município da microrregião do Araripe, tendo o 26° maior Produto Interno Bruto (PBI) do Estado de Pernambuco, além de ser o maior município da tríplice fronteira Pernambuco-Piauí-Ceará, cidade polo em comércio, indústria e educação. Instalada numa região de interesse nacional: a Área de Proteção Ambiental Chapada do Araripe (APA-Chapada do Araripe), o município é considerado um espaço de articulação institucional, intermunicipal e interestadual.

Junto com Ouricuri, Ipubi, Bodocó e Trindade, Araripina constitui o maior polo gesseiro do Brasil, responsável por 95% do gesso consumido no País, sendo o segmento mais importante da economia regional. Além disso, na divisa entre Piauí e Pernambuco, no alto da Chapada do Araripe, o Complexo Eólico Chapada do Araripe, I, II e III já se encontra instalado com 247 aerogeradores, gerando 436 MW. Também se encontra em implantação mais 331 aerogeradores.

Por Roberto Gonçalves

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates