Capa > Arquivo > Crea-PE entrega prêmio em reconhecimento aos incentivadores da preservação do meio ambiente

Crea-PE entrega prêmio em reconhecimento aos incentivadores da preservação do meio ambiente

O tradicional Prêmio Crea-PE de Meio Ambiente foi entregue na noite de ontem (08) em plenária solene no auditório do Conselho. Os agraciados com a homenagem foram Pedro Luiz Maia e Silva, da Construtora Engemaia, na categoria pessoa física, e Roberto de Avelar França, que recebeu em nome da Vital Engenharia Ambiental S.A. na categoria pessoa jurídica. O presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, anfitrião do evento, abriu a solenidade que contou ainda com a palestra Sustentabilidade Ambiental, proferida pelo coordenador da Comissão Permanente de Meio Ambiente (CPMA), Tadeu Pontes.

 
Antes de iniciar a palestra, Tadeu Pontes falou sobre a continuidade do trabalho da CPMA, as atividades realizadas durante a Semana de Meio Ambiente, que incluiu curso, palestras e debates, além do prêmio, e ainda informou sobre os próximos eventos. “Gostaria de agradecer a todos que participaram das nossas atividades, espero que tenham aproveitado bastante. Também quero divulgar a 3ª Semana Pernambucana de Arborização Urbana, que será em agosto no município de Petrolina, e o 15º Congresso Brasileiro de Arborização Urbana, em novembro, no Recife”, comunicou Pontes.
 
O presidente da Academia Pernambucana de Ciências Agronômicas, Eudes Souza Leão Pinto, participou da mesa de abertura e deixou sua contribuição. “O brasileiro é considerado um dos membros da nacionalidade do mundo dotado de inteligência e o Sistema Confea/Crea é um centro de averiguação e promoção dessa inteligência. Temos orgulho dessas pessoas que formam o Sistema, são verdadeiramente cooperativas”, discursou Eudes Souza Leão. O engenheiro agrônomo também exaltou a dedicação do presidente do Crea-PE. “José Mário é um cooperador do crescimento de Pernambuco, um cidadão que pode se sentir extremamente realizado”, elogiou.
 
No momento da premiação, o primeiro troféu a ser entregue foi o da categoria pessoa física, em reconhecimento ao trabalho desenvolvido por Pedro Luiz Maia e Silva, atual diretor da Construtora Engemaia, que durante nove anos atuou no arquipélago de Fernando de Noronha (PE), em parceria com a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), na coleta de lixo e recuperação de área verde. “Gostaria de agradecer e dividir a homenagem com os colegas da Engemaia e da Emlurb. Procuramos trabalhar com a preservação e sustentabilidade da cidade em que vivemos, tratando a arborização urbana de forma diferenciada”, disse Maia.
 
Já na categoria pessoa jurídica, a vencedora foi a Vital Engenharia Ambiental S.A., empresa do Grupo Queiroz Galvão, representada pelo diretor Roberto Avelar de França. A Vital Engenharia foi criada em 2007 e teve como desafio incentivador o tratamento do Aterro Metropolitano de Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro, considerado o segundo maior lixo aberto do mundo. De acordo com Avelar, o Aterro do Gramacho recebia cerca de nove mil toneladas de lixo por dia, cerca 200 mil por mês. “Para se ter uma ideia do que nos parecia intransponível na época, o Recife produz de 30 a 35 mil toneladas de lixo por mês”, contou.
 
O diretor de empresa fez ainda uma breve explanação de como foi realizado o trabalho. “Todo o chorume era lançado na Baía de Guanabara. De imediato estancamos o vazamento e criamos medidas com uma série de postos de biogás, canalizando para um único ponto de captura para ser transformado em energia elétrica. Construímos também a Unidade de Tratamento do Chorume”, contou. “Agora estamos de volta a Recife para contribuir na busca de melhores soluções ambientais com serviços que demandem a sustentabilidade e responsabilidade social”, concluiu.
 
Para encerrar a solenidade, o presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, anunciou com satisfação a aprovação do trabalho do conselheiro Maurício Pina no 3º Congresso Mundial de Engenheiros, que acontecerá em setembro na cidade de Genebra, na Suíça. José Mário também comentou sobre a não realização do Prêmio Crea-PE de Fotografia neste ano. “O prêmio de fotografia já é tradição nesta casa e faz parte do calendário anual de eventos do Conselho, mas nesta edição não houve número suficiente de inscrições”, disse. O presidente finalizou falando sobre o estímulo dado pelo Crea aos trabalhos em prol de uma melhoria da condição ambiental.  
 
Participaram da sessão plena presidida pelo presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, o coordenador da Comissão Permanente de Meio Ambiente, Tadeu Pontes; o presidente da Associação de Engenheiros Agrônomos de Pernambuco, Antônio Ferreira Filho; o presidente da Academia Pernambucana de Ciências Agronômicas, Eudes Souza Leão Pinto; o conselheiro federal, José Luis Mota Menezes; o conselheiro e diretor do Crea-PE, Alexandre Krause; e o diretor regional da Mútua, Henrique Lins.
 
Vanessa Bahé
ASC Crea-PE

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates