Estudantes selecionados para o Crea na Comunidade visitam moradias da Torre e Coqueiral

O Crea na Comunidade visitou nesta terça (23) e quarta-feira (24) moradias dos bairros Coqueiral e Torre, respectivamente, no Recife. A iniciativa, realizada em parceria com a UPE através do projeto de extensão Habite Melhor, ofertou dez bolsas de estágio para estudantes de engenharia da instituição com a finalidade de levar a engenharia pública para áreas carentes. As ações estão inseridas no contexto da Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (Athis) pública e gratuita para famílias de baixa renda no Recife.

Os estudantes estiveram acompanhados de membros do Crea e foram supervisionados pela professora coordenadora do Habite Melhor, Rafaela Cavalcanti. Em Coqueiral, os jovens realizaram uma avaliação das questões estruturais das moradias contempladas para elaboração de soluções.

Ermes Costa, chefe de gabinete do Crea-PE, esteve no local para a realização da visita técnica. O gestor falou sobre o Crea na Comunidade: “Estamos aqui para conversar e trabalhar pelas pessoas que estão morando no entorno do rio Tejipió, em Coqueiral, e na comunidade da Mangueira, buscando garantir uma moradia digna.Os professores e estudantes da UPE que fazem parte do Habite Melhor estão conosco nessa nobre missão de trazer assistência técnica de interesse social”.

A professora Rafaela Cavalcanti explicou quais serão os próximos passos na comunidade de Coqueiral:“Os professores, juntamente com os estudantes, a partir das observações feitas pelo técnico especializado em estrutura e saneamento, vão realizar um debate para encontrar soluções apropriadas para as moradias, resolvendo a questão da entrada de água pelo esgotamento sanitário, além das estruturas das casas”.

Na Torre, o grupo conduziu uma plenária com os moradores para decidir quais serão as intervenções urbanas que serão planejadas junto à comunidade. Na reunião a quadra esportiva local foi escolhida como prioridade. Para o advogado Elvis dos Santos, morador, a iniciativa vai permitir que a comunidade se una ainda mais para contribuir pela coletividade.  “A reunião foi de grande valia para todos os moradores. Esse objetivo de melhorar é algo bastante interessante, até porque os jovens da comunidade precisam se distrair com algum tipo de atividade, afastando da criminalidade, que vem, aos poucos, diminuindo no local”, concluiu.

A estudante do 5º período em engenharia civil, Mariana Gama, faz parte do projeto Habite Melhor. Ela, com outros nove estudantes, foi beneficiada pela parceria firmada entre o Crea-PE e a UPE, responsável pela oferta de bolsas de estágios para o Habite Melhor. “O projeto fez uma parceria com o Crea na Comunidade para realizar uma mudança nas comunidades, ajudando a família a ter uma moradia digna, desenvolvendo ações para que a gente melhore a vida das pessoas”, contou.