Governo do Estado cede terreno para instalação do Clube de Engenharia

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, sancionou na segunda-feira (26) a modificação na Lei n° 14.359, que autoriza a cessão de imóvel público para a instalação do Clube de Engenharia de Pernambuco e garante o seu direito de uso por 20 anos.

O Clube, que hoje fica na Avenida Real da Torre, próximo ao Mercado da Madalena, passará a funcionar na antiga Escola Sérgio Loreto, no bairro de São José, no Recife, a partir do próximo ano.

Em vigor desde 18 de julho de 2011, a alteração da legislatura incidiu no 3° artigo, que previa a cessão com vigência de apenas quatro anos. Em rápida solenidade em seu gabinete, o governador destacou as contribuições do Clube de Engenharia de Pernambuco ao discutir temas que versam sobre mobilidade, morros, avanço do mar e meio ambiente.

“Vamos legar um novo abrigo a todos os sonhos e à bela história dessa instituição, no momento em que a engenheira pernambucana vive um momento de grande intensidade”, disse Eduardo citando, em seguida, os números do primeiro semestre da construção civil, quando houve um crescimento de 26% no setor. “O que influenciou diretamente para que Pernambuco alcançasse a liderança entre os 27 estados da nação em números absolutos na geração de emprego”, disse o governador.

O presidente do Clube de Engenharia de Pernambuco, Alexandre Santos, agradeceu ao governador em nome dos demais dirigentes. “Não é uma unidade para engenheiros, mas para a sociedade. Nesta perspectiva, estivemos presentes na luta pela Refinaria Abreu e Lima e assuntos para o bem estar de pernambucanos, de nordestinos e de brasileiros”, frisou.

Também estiveram presentes na solenidade o senador Armando Monteiro Filho (PTB) e o secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, além vários dirigentes da associação.

Fonte: Blog do Inaldo Sampaio