Grupo Técnico solidário de Palmares dá entrada na ART

O Grupo Técnico formado pelo Crea-PE, que trabalhou voluntariamente nas obras de reconstrução do município de Palmares, na Mata Sul do Estado, esteve na tarde desta sexta-feira (18) para dar entrada no procedimento de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). O grupo produziu os laudos de vistoria realizado nos imóveis atingidos pela enchente do rio Una, em junho do ano passado. Os profissionais indicados por sua entidade estão sendo ressarcidos das despesas realizadas através do convênio firmado entre o Confea e o Crea-PE.

 
De acordo com o presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, o trabalho do grupo contribuiu bastante para minimizar o sofrimento da população do município de Palmares atingida brutalmente pelo desastre ambiental. “A prioridade foi a vistoria nas estruturas dos imóveis comerciais e residenciais em toda a faixa ribeirinha da cidade”, contou. O trabalho foi realizado por uma equipe formada por cerca de 30 profissionais. 
 
Todas as atividades do Grupo Técnico, desde a indicação dos profissionais voluntários, passando pelo nivelamento de questões burocráticas e o efetivo trabalho técnico, é resultado da ação conjunta das seguintes entidades de classe: Sindicato dos Engenheiros de Pernambuco (SENGE-PE); Associação Pernambucana de Engenheiros Florestais (APEEF); Clube de Engenharia de Pernambuco (CEP); Instituto Pernambucano de Avaliações e Pericias de Engenharia (IPEAPE); Sindicato dos Arquitetos do Estado de Pernambuco (SAEPE); Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Associação dos Engenheiros de Segurança do Trabalho de Pernambuco (AESPE); Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/PE); Sindicato dos Técnicos de Pernambuco (SINTEC-PE); Associação Profissional dos Geólogos de Pernambuco (AGP) e Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE).