Home > Arquivo > Ministro Farani garante apoio ao GT Haiti do Sistema Confa/Crea

Ministro Farani garante apoio ao GT Haiti do Sistema Confa/Crea

Membros do Sistema Confea/Crea, através do Grupo de Trabalho Haiti, reuniram-se, na última quinta-feira (18), com o diretor da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) do Ministério das Relações Exteriores, ministro Marco Farani, para tratar do projeto de cooperação técnica entre a ABC, o Sistema Confea/Crea e o Haiti, para a reconstrução do Colégio de Presidente (órgão semelhante às atribuições do Confea naquele País). Estavam presentes na reunião, onde foi detalhado o projeto, os membros do GT Haiti – os conselheiros federais Kleber Souza dos Santos (titular) e Maurício Garcia (suplente), o presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, e a profissional de atividade de suporte em Relações Internacionais do Confea, Mônica Ribeiro.

O coordenador do GT Haiti, Kleber Sousa dos Santos ressaltou que o objetivo da reunião era de se obter um posicionamento da ABC acerca do projeto de Cooperação Técnica elaborado pelo GT Haiti do Confea, no mês de setembro deste ano.
O ministro Farandi elogiou o teor do projeto e ratificou o apoio ao projeto, garantindo a vinda de um grupo de haitianos, os quais aprenderão com os brasileiros o funcionamento de um conselho de fiscalização, através de oficinas e atividades práticas, para que os mesmo possam reproduzir os conhecimentos aos seus colegas de profissão. “Trabalhamos para fortalecer o Estado e capacitar tecnicamente pessoas de outros países. Esse projeto de vocês vem ao encontro da política atual do governo brasileiro. A ABC convidará pessoas indicadas pelo Confea para virem ao Brasil participar desse processo de capacitação”, disse Farandi.
O ministro Marco Farani informou, ainda, que já foram assinados dez novos projetos entre a ABC e o Haiti antes do terremoto, mas que sequer foram iniciados devidos a problemas como cólera e as eleições daquele do País, marcada para o final do mês de novembro. O ministro sugeriu os primeiros meses do próximo ano para a vinda dos haitianos, quando a situação estiver mais tranquila naquele País.
Por último, o ministro se propôs envolver o Confea em relacionamentos com outros países, uma vez que a ABC realiza projetos com quase 80 países e reconhece que a linha de trabalho adotada pelo Confea pode ser bastante benéfica aos projetos realizados naqueles países. 
O conselheiro Kleber Santos acrescentou que o projeto levará em conta as opiniões dos haitianos, visando torná-lo exequível. O presidente José Mário Cavalcanti lembrou que é de grande importância a troca de experiência com o Haiti. “Essa ação do Governo brasileiro de trazer os haitianos tem haver com a reconstrução do País devastado pelos terremotos. Os prédios só caíram porque foram mal feitos. Podemos ajudá-los a fazer construções mais resistentes”, garantiu José Mário Cavalcanti.
 
O presidente do Crea-PE, José Mário Cavalcanti, ainda agradeceu o apoio concedido pela ABC na realização do Pensar as Américas, evento realizado, em março, no Recife, com a participação de 19 delegações estrangeiras formada por profissionais das áreas tecnológicas, os quais debateram temas estratégicos de interesse do Continente Pan-americano. “O projeto Pensar as Américas só deu certo por causa do apoio da ABC. O nosso desafio agora é levar o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, para fazer uma palestra no próximo Pensar as Américas, que será realizado, em setembro, em Caracas”, finalizou.
 
Kele Gualberto
ASC do CREA-PE

 

Check Also

Novo diretor financeiro da Mútua será eleito hoje

Cumprindo determinação do Confea, através da Resolução 1.117/19, bem como a Deliberação nº 147/2020-CEF, aprovada …