Normas Técnicas garantem segurança para profissional e sociedade

“A norma técnica é o repositório das melhores tecnologias consolidadas para determinado segmento”. Essa foi a afirmação do diretor adjunto de Negócios da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Odilão Baptista Júnior. Ele explica que as normas elaboradas pela ABNT são de uso voluntário pelos profissionais, servindo apenas de guia para se fazer a obra ou serviço corretamente. No entanto, segundo ele, são um patamar mínimo capaz de oferecer segurança tanto para o profissional quanto para a sociedade em relação à obra ou serviço que será executado.

As normas técnicas são elaboradas por especialistas de cada área. “Quando um engenheiro faz um projeto; se seguiu a norma, é uma garantia de que aquele produto é bom”, afirma. Além disso, ele explica que, caso ocorra algum problema, e o profissional seguiu corretamente as normas, esse fato poderá ser um atenuante para o juiz. Segundo Odilão, o problema mais grave hoje é a falta de consciência da importância de utilização das normas por parte dos profissionais e estudantes.

Nesse cenário, um dos mecanismos utilizados pela ABNT para promover maior integração com os profissionais é o convênio celebrado com o Sistema Confea/Crea e Mútua. Carlos Santos Amorim Júnior, diretor de Relações Externas da ABNT, destaca a importância desse instrumento, que prevê, entre outras ações, a participação dos profissionais na elaboração das normas, junto aos Comitês Técnicos da ABNT. “A norma, na realidade, é a tecnologia consolidada. Quando saímos da escola, executamos exatamente aquilo que aprendemos na faculdade, pois nos dá mais segurança. Com o tempo, adquirimos mais experiência e ficamos mais confiantes. Por isso, é importante trazer o profissional e sua experiência adquirida para a elaboração das normas, que devem ser revistas a cada cinco anos”, explica.

O convênio garante, ainda, que os profissionais registrados e em dia com suas obrigações possa adquirir as normas com 50% de desconto ou 60%, caso seja filiado à Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais dos Creas. Além disso, os Creas e inspetorias disponibilizam cerca de 700 pontos de consulta para os profissionais visualizarem as normas.

Mais informações, acesse: http://www.abntcatalogo.com.br/confea/