Capa > Arquivo > Previsões otimistas para as obras do Aeroporto do Recife

Previsões otimistas para as obras do Aeroporto do Recife

“Temos o quinto melhor aeroporto do mundo”. A afirmação foi feita pelo superintendente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Fernando Nicácio, que participou, na manhã de hoje, do primeiro painel, da Audiência Pública sobre as Obras da Copa de 2014, no Recife Plaza Hotel. O painel que o convidado participou tratou de questões relativas às obras de infraestrutura, entre as quais, a construção da Arena Pernambuco e as questões concernentes à mobilidade urbana.

 
No evento, que está sendo realizado pelo Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea) em parceria com o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura de Pernambuco (Crea-PE), Nicácio mostrou uma realidade bastante otimista, não só quanto à capacidade de cumprimento dos prazos estabelecidos para a conclusão das obras, pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), mas, sobretudo, quanto às condições de atender a demanda esperada com qualidade, segurança e pontualidade.
 
Sem negar, que são várias as obras de melhoria das instalações necessárias para atender o conseqüente aumento do fluxo de operações do empreendimento, o superintendente fez questão de deixar claro que o que está sendo planejado e executado no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes-Gilberto Freyre,não visa atender apenas ao público que virá participar do campeonato mundial. ”Estamos pensando independentemente do grande evento, pois queremos um aeroporto como ferramenta para viabilizar qualquer evento no nosso Estado”, afirmou.
 
Sobre as atuais condições do terminal de passageiros, Nicácio ressaltou detalhes que demonstram uma estrutura que, embora careça de melhorias é bem aparelhada. “Numa área de 52 mil metros quadrados temos capacidade para operar com 24 aeronaves simultaneamente. A resistência do pavimento da nossa pista é muito adequada à temperatura ambiente. Possuímos 12 hangares e temos um equilíbrio no nosso sistema de check-in  que opera com 32 balcões de atendimento de cada lado, com capacidade para atender 4.600 passageiros. O nosso edifício garagem dispõe de 2.080 vagas. Possuímos sistema de automação e subestação com grupo de geradores capazes de manter o funcionamento, mesmo em condições de pane de energia”, explicou o superintendente.
 
 
Dentre os empreendimentos que serão realizados no Aeroporto Gilberto Freyre, o superintendente Fernando Nicácio destacou a construção da nova torre de controle, que atualmente funciona na área militar e passará a operar, em dezembro de 2013, na área civil. Segundo Nicácio a mudança viabilizará uma operação mais moderna com maior viabilidade. Outra obra prevista é a recuperação de todas as pistas, incluindo o alargamento da pista de taxi e a sinalização da pista principal. A instalação de mais quatro pontes de embarque resultará na operação simultânea de 11 unidades. As novas pontes já possuem um sistema de climatização moderno que será também instalado nas demais.
 
Por fim, Nicácio disse que os investimentos previstos para o aeroporto somarão 61 milhões de reais, sendo 19 milhões oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal e que “Assim, teremos condições de atender com qualidade. Tudo está planejada para atender à sociedade com equipamento urbano eficiente e de qualidade” assegurou otimista, o superintendente da Infraero.
 
Dilma Moura
ASC do Crea-PE
 

 

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates